Gastronomia e Vinhos no Castas & Pratos

castas_09Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

Um antigo armazém de mercadorias, anexo à estação de comboios do Peso da Régua, é hoje um interessante espaço gastronómico e de convívio, cujo mote é o vinho. O Castas & Pratos vive paredes meias com a linha ferroviária e funciona como restaurante, bar e wineshop. É o primeiro inquilino de um projeto delineado pelos dois sócios, que recuperou um grande espaço abandonado dos Caminhos de Ferro. Foram preservadas as principais características e melhoradas as infra-estruturas, dotando-as de luxo e conforto. Quem passa, de forma distraída, na rua, não adivinha a sofisticação do interior. Quem entra, fica e deleita-se com a variedade de opções regionais da carta.

Há quatro ambientes diferentes, dois deles ao ar livre, desde que os raios de sol se intensificaram, onde pode fazer uma refeição. Uma das esplanadas é à entrada e tem uma vista magnífica para o Douro, a outra, tem acesso através do restaurante, e fica localizada num antigo vagão de comboio restaurado, em plena via férrea desativada. Entre paredes, há o bar, com um balcão corrido, adequado a um copo partilhado com um petisco, ou o espaço de restaurante, com mesas, no primeiro piso, em modo mezanine. Com a opção de vista rio ou vista carris, é por aqui o local ideal para uma refeição mais prolongada.

Seguimos a sugestão do chef, que nos fez chegar à mesa uma açorda com alheira de caça para entrada, que acompanhou com um Branco da Gaivosa 2012. Seguiu-se um polvo confitado, cozinhado a baixa temperatura, com gordura vegetal e acompanhado de grelos salteados e batata. Este prato foi assistido por um branco especial, o Azeo Reserva de 2008, da Quinta de S.José.

Tal como nos foi explicado, a ementa do restaurante varia de acordo com os produtos da época, aproveitando assim a frescura dos mesmos. No entanto, admitiram, há um prato permanece durante todo o ano, pois é bastante solicitado: o lombo de porco marinado com puré de castanhas. Um Vinhas da Ciderma de 2004 harmonizou com o prato de carne.

A sobremesa de maçã caramelizada com gelado de baunilha, combinada com um Old White Vista Alegre 20 anos fechou em grande esta deliciosa refeição.

O Peso da Régua é ponto de passagem no Douro. Paragem de barcos de cruzeiro, cruzamento ferroviário. Cada vez mais, afirma-se como uma localidade a dedicar alguma atenção e tempo, pela oferta de lazer de qualidade que está a disponibilizar.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.