FIA 2014 – Artesanato para Todos os Gostos e Preços

FIA2014-032

Reportagem de Isabel Pedrosa, Elsa Furtado e Francisco Padrão Mota 

Até ao próximo domingo, dia 6 de julho é possível viajar em Portugal e no Mundo, na 27ª edição da Feira Internacional de Artesanato – FIA, através do artesanato e da gastronomia, que ocupam três pavilhões da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

Este ano sob o tema “Um Mundo de Culturas”, a feira cresceu e apresenta algumas novidades.Como já vem sendo habitual o Pavilhão 1 recebe os artesão e o artesanato nacional, dos Açores, a Seia, passando pelo Alentejo, Viana do Castelo ou Barcelos, aqui é possível encontrar vários tipos de trabalho e objetos. Madeira, ferro, barro, vidro, ouro ou tecido, as propostas são muitas.

No pavilhão 2 dá-se a viagem pelos diversos continentes, de África à América, passando pela Ásia e pela Europa, ao todo são cerca de 600 expositores, de 40 países, que mostram as suas pedras preciosas, os acessórios de moda, os tecidos, os objetos decorativos, os instrumentos musicais, e muito mais. Dos candeeiros coloridos da Turquia, ao ouro vegetal da América Central, às redes e fatos de banho brasileiros, há muito por onde escolher.

O país internacional convidado da edição deste ano é a Argélia, detentora de uma posição geoestratégica no Magrebque, e que mostra aqui um pouco do seu artesanato, representada na inauguração, que teve lugar no passado sábado pela Ministra da Cultura, Nouria Yamina Zerhouni.

Para o pavilhão 3 ficaram reservadas as tentações ao paladar e ao olfacto, com os sabores das várias regiões do nosso país servidas em restaurantes, tasquinhas e nas bancadas de produtos tradicionais, e gourmet. Cerejas, pastéis de nata de diferentes sabores, ginginha de Óbidos, vinhos, cerveja artesanal, queijos, enchidos e pão das várias regiões nacionais, numa convivência harmoniosa com as caipirinhas e batidos brasileiros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Todos os que apreciam assistir à moldagem de uma peça de olaria, à confecção de um bordado ou de um objeto em metal fino, desde a peça mais tradicional à mais original e contemporânea do artesanato tradicional ou internacional – podem participar ao vivo numa demonstração destes artesãos, durante o certame.

A animação marca também presença em cada dia da FIA, com danças folclóricas, coros, música, desfiles, workshops, entre outros que acompanham e reforçam os valores de cada região ou património cultural.

Para os que preferem os sabores e odores da gastronomia, está a decorrer o 1º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP, que pretende que o público “viaje pelos melhores sabores e saberes de Portugal e de dezenas de outros países”.

São nove dias de festa e de abertura total ao que de melhor se produz em Portugal, durante os quais se pode apreciar as representações estrangeiras, que partilham igualmente o que exportam com qualidade e originalidade, além do bom gosto, do contributo para a sustentabilidade ambiental e que “Nos proporcionam uma viagem cá dentro, do que se produz lá fora!”.

A FIA Lisboa está aberta ao público das 15h00 às 24h00 (área de exposições , e das 12h30 às 24h00 (área de gastronomia). Os bilhetes custam 5 euros e as crianças até aos 10 anos têm entrada gratuita. Para estudantes e séniores, o preço dos bilhetes é de 2,50 euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.