Festival Terras Sem Sombra Anima Alentejo

terras_sombraA igreja matriz de Santo Ildefonso, em Almodôvar, recebe já amanhã, 14 de março o concerto de abertura do Festival Terras Sem Sombra, que decorre até dia 4 de julho. A cargo do ensembre Schola Antiqua, a atuação de nome Medievália Ibérica: Monodia e Polifonias Hispano-Portuguesas dos Séculos X a XIV reúne cânticos sagrados e deverá começar às 21h30.

Organizado pelo Departamento do Património da Diocese de Beja, o festival aposta na descentralização cultural, incluindo ainda no programa conferências temáticas, visitas guiadas e ações de pedagogia artística.

A destacar logo no domingo, dia 15, é a ação de voluntariado orientada para a defesa da biodiversidade. Esta caminhada pelas margens da ribeira do Vascão reúne músicos, moradores, público e visitantes, contando com a colaboração do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e da Liga para a Proteção da Natureza, sem esquecer a autarquia local.

Tal como vem acontecendo, o Terras Sem Sombra irá valorizar os produtos regionais. Este ano, a estrela é a aguardente de medronho. Bebida sobejamente conhecida como digestivo, representa uma importante fonte de rendimento para uma região que enfrenta envelhecimento, emigração e ainda a degradação dos solos.

Como sucedeu nas edições anteriores, o festival decorre até 4 de julho e todos os concertos e atividades são de entrada gratuita. Para já, pode ir acompanhando a programação pela página de Facebook do festival.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.