Festival MED Registou Uma das Maiores Afluências de Sempre

Mais uma edição, mais um sucesso. É assim que, de uma forma simples e direta, se pode classificar a 12ª edição do MED Loulé, que decorreu entre 25 e 27 de junho. Três dias de festa, especialmente dedicados ao cante alentejano, fado e dieta mediterrânica, fizeram as delícias de quem por lá passou.

Nomes sobejamente conhecidos como as portuguesas Carminho e Cati Freitas, levaram milhares ao recinto. Na sexta feira, na igreja Matriz, o projeto Symbiosis da aclamada violinista Lilia Donkova e não menos aclamado e premiado acordeonista Gonçalo Pescada, mostraram o porquê da música ser uma linguagem universal e não existirem barreiras ou estereótipos neste universo.

Foi também a noite de Raquel Tavares dar voz ao fado e da israelita Ester Rada animar o palco Matriz antes dos peruanos sexagenários Cumbia All Stars. Também os locais e repetentes Miranda’s estiveram presentes no palco Bica, com a reação do público a deixar entender que brevemente precisarão de um palco maior…

No sábado foi provavelmente a maior enchente deste ano, facto a que não será alheio o facto do nome de Tiago Bettencourt e Giani Viscardi estarem no cartaz…

A enchente foi tal que para muitas centenas nem foi possível chegar perto do palco. Um sinal de que o MED cresceu e precisa de se expandir? Talvez este seja um sinal de que o MED cresceu e precisa de se expandir num futuro próximo, de forma a garantir a satisfação de quem por lá passa.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.