Festival MED Anunciou Os Primeiros 15 Artistas

A 16ª edição do Festival MED, que se realiza de 27 a 30 de junho, em Loulé, anunciou os primeiros 15 artistas confirmados no cartaz deste ano.

A edição deste ano vai contar com 10 palcos instalados ao longo da Zona Histórica, e com mais de 80 horas de música, 280 músicos de 22 países,dois deles em estreia:Trindade e Tobago e Haiti.

Assim, já têm presença garantida em Loulé o brasileiro Marcelo D2, Mellow Mood (Itália), Marinah (Espanha), o projeto multicultural e transnacional The Turbans (Bulgária/Israel/Irão/Grécia/Turquia/Reino Unido), Kel Assouf (Níger/Bélgica), Selma Uamusse (Moçambique/Portugal), Orkesta Mendoza (Estados Unidos/México), Anthony Joseph (Trindade e Tobago), Moonlight Benjamin (Haiti), Dino D’Santiago (Portugal/Cabo Verde) Tshegue (Congo/França) ou os portugueses Gisela João, Dead Combo, Diabo na Cruz e Cais do Sodré Funk Connection.

Sonoridades diferentes e que trazem seis estreias absolutas em solo nacional, a dos mexicanos Orkesta Mendoza, Moonlight Benjamin, The Turbans, Kel Assouf, Tshegue e Anthony Joseph. A cantora Marinah regressa a este palco louletano, com uma estreia também em Portugal do seu projeto a solo, mas já tinha passado pelo MED enquanto vocalista da banda espanhola Ojos de Brujo.

De entre os nomes já confirmados, a atuação de Marcelo D2, um nome bem conhecido em Portugal, será um dos momentos mais aguardados. O rapper brasileiro, reconhecido pela sua mistura de samba com black music, vem a Loulé apresentar o seu décimo disco de estúdio, Amar é para os Fortes.

Entre as novidades deste ano, a organização anunciou um novo palco instalado no Largo D. Afonso III, tendo as muralhas do Castelo de Loulé como pano de fundo, e o Palco Castelo ganhará um novo conceito.

Também a sétima arte ganha mais destaque, com curadoria de Rui Tendinha. O Cinema MED passa a integrar o cartaz do festival, segundo explicou o seu curador aquando a apresentação do festival à imprensa em Lisboa, “Antes de um concerto vão ver um filme que também tem música, pode haver aqui um diálogo de artes”.

No domingo, 30 de junho, o MED tem open day, e está prevista no Castelo, ao ar livre, a antestreia do filme brasileiro Gabriel e a Montanha, de Filipe Bragança.

Haverá ainda uma TalkFest, conferência que nasce da parceria da Autarquia com a APORFEST, irá debruçar-se sobre a forma como música e cinema se complementam.

Os bilhetes já se encontram em pré-venda e custam 25 euros até dia 23 de junho, passando depois a custar 30 euros. O dia 30 de junho tem entrada livre.

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.