Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous Anima Cidades Nortenhas

Pelo quinto ano consecutivo, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão unem-se para receber o Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous. O Festival de circo contemporâneo está de regresso ao norte, entre os dias 25 e 28 de julho, em diversos espaços das três cidades, com entrada gratuita.

A programação contempla 10 espetáculos, três dos quais em estreias absolutas e quatro em estreias nacionais, com 21 apresentações de entrada gratuita, com artistas nacionais e internacionais do ciclo contemporâneo.

Somos, um espetáculo com dois acrobatas colombianos, inaugurou a programação, no primeiro dia do festival, no Rossio da Sé, em Braga.

Segue-se a estreia de Arquétipo – Acto III, da companhia portuguesa Radar 360º, “uma performance deambulatória escrita para o espaço público, que convida o espectador a refletir sobre o tema “Amor” na sociedade contemporânea” e ainda Kadok, da Oliveira & Bacthler, uma bailarina, um malabarista e uma trapezista que nos dão a conhecer um universo que remete o público para obras dos artistas Louis Bourgeois e Tadeusz Kantor. Nota ainda para Esboço para Paraísos que chega ao festival pelas mãos do INAC em coprodução com o festival.

A companhia francesa Hors Surface traz à Praça D. Maria II, em V.N. de Famalicão, no dia 26 de julho, às 19h00, a performance Rendez-Vous.Boat – Transe Poétique. Registo para os espetáculos Flaque da companhia De Fracto e Sodade da companhia Cirque Rouages.

A programação do festival completa-se com Dame du CirquePhasmes, da companhia Libertivores e Saut de Le Colletif Bigbinôme. Nota que grande parte dos espetáculos agendados passarão pelas três cidades para que possam chegar ao maior número possível de espetadores.

Completam a programação do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous diversas atividades focadas no circo contemporâneo, teatro físico e formas transdisciplinares, tais como as oficinas: “Acrobacia Aérea”, “Manipulação de Objetos” e “Equilíbrio”; um showcase e ainda um debate com o tema “O que fazer com esta nova vaga?”.

Para além dos espetáculos é ainda possível realizar visitas “fora de horas” a museus, como é o caso da Fundação Cupertino de Miranda – Centro Português do Surrealismo, em V. N. de Famalicão, que, no dia 28 de julho, está aberto entre as 18h00 e as 22h30. Também é possível ver várias exposições, nomeadamente em Guimarães (Paço dos Duques de Bragança ou CIAJG) e em Braga (Casa dos Crivos ou Museu da Imagem).

O Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous, criado pelo Teatro da Didascália, decorre nos espaços públicos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Guimarães, com o apoio dos respetivos municípios.

Todos os eventos têm entrada totalmente gratuita e são para toda a família.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.