Festival Estátuas Vivas regressa a Tomar este fim-de-semana

estatuas_vivas_tomarRealiza-se entre 13 e 15 de setembro, em Tomar, mais uma edição do Festival Estátuas Vivas. O evento é este ano dedicado à História contada pelos grandes escritores, incluindo duas dezenas de quadros baseados em, entre outros, Luís de Camões, Fernando Pessoa, Eça de Queirós ou José Saramago.

Logo pela manhã, no dia 13, os Madonnari Street Painting, coletivo vindo de Nápoles, dão os primeiros retoques na grande pintura 3D que animará o chão fronteiro à Igreja de S. João Baptista. Já à noite, acontecerá a reposição de algumas das melhores performances da edição de 2012. O centro histórico recebe assim oito artistas que dão vida a sete cenas medievais, enquanto os restantes premiados do ano passado voltam a mostrar o que valem também em Almourol e Dornes.

A Praça da República, essa, será palco para oito das 20 Estátuas Vivas apresentadas pelos mais jovens, em 2012, nas Histórias aos Quadradinhos. Esta mesma secção do festival animará as manhãs de sábado e domingo, no Mouchão. Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, será o ponto de partida para as obras de 20 alunos oriundos das escolas de Tomar. Durante a tarde, e também a pensar nos mais novos, a Via Verde Júnior, junto à margem esquerda do rio, oferece jogos, insufláveis, pinturas faciais, entre muitas outras brincadeiras.

As Estátuas Vivas de 2013 estarão à espera do voto do público entre as 17h30 e as 19h30 no sábado e no domingo e ainda entre as 22h00 e as 24h00 na noite de sábado. Os três vencedores escolhidos serão anunciados na Praça da República, às 22h00 de domingo. Mas nem só de concurso vive o evento, que conta ainda com a exposição de fotografia de António da Silva Magalhães, que pode ser visitada na rua com o seu nome e que ilustra o Tomar do século XIX. As imediações do rio Nabão serão também o palco de painéis que mostram “Um Século de Notícias”, enquanto as monstras do centro histórico apresentarão roupagens de outros tempos.

Novidade este ano é a Cultura de Faca e Garfo, iniciativa que reúne 23 cafés e restaurantes do concelho. Durante os três dias do Festival, estes estabelecimentos apresentam menus com aromas e paladares que convidam também eles a uma viagem pelas referências da literatura. As esplanadas terão ainda animação, na sexta e sábado, entre a meia-noite e a 01h30.

O Festival Estátuas Vivas de Tomar é organizado pela Máquina do Tempo (parceria Câmara Municipal de Tomar, Escola EB 2, 3 Nuno Álvares Pereira, Convento de Cristo/DGPC e Instituto Politécnico de Tomar) e conta com o apoio do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo bem como de entidades privadas várias.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.