Festival Do Marisco De Olhão Bateu Recorde De Visitantes

Reportagem de Paulo Sopa e Ana Horta

Naquele que é um dos maiores festivais do género a sul do Tejo, atuaram já Tony Carreira, Richie Campbell, D.A.M.A , Diogo Piçarra e Nelson Freitas. Ao final do quarto dia de festival, já mais de 30 mil pessoas tinham passado as portas do certame, o que faz com que a organização antecipe um número recorde de visitantes nesta edição.
A qualidade da comida, os espetáculos com artistas de renome a preços bastantes convidativos, e toda a envolvência do jardim Pescador Olhanense são os factores que levam a que cada vez mais pessoas sejam clientes deste grande festival do marisco de Olhão.
Ao terceiro dia atuaram os D.A.M.A., levando a enchente de jovens presentes à loucura num concerto espetacular, tocando temas já bem conhecidos mas também alguns do novo álbum, ainda menos cantados, mas nem por isso menos animados.
De notar que, apesar dos milhares de pessoas presentes no recinto, –  onde não se vislumbrava uma mesa livre – o espaço do Jardim Pescador Olhanense está tão agradavelmente bem organizado que é fácil deslocar-mo-nos pelo recinto sem os tradicionais encontrões noutros visitantes.
Este dia foi também marcado pela apresentação da nova novela da SIC – Paixão – que irá para o ar em setembro, e é gravada em vários locais do Algarve, destacando-se o Concelho de Olhão. Estiveram presentes alguns dos principais atores da novela e certamente saíram deliciados com as iguarias gastronómicas do festival.
 Para o último dia, esperava-se mais uma enchente, não só pela qualidade dos mariscos e bivalves, cozinhados como só os olhanenses sabem (sapateiras, santolas, lavagantes, ostras, gambas, camarões, amêijoas, conquilhas ou berbigões, açordas de marisco, cataplanas, arroz de marisco ou paellas), mas também pelo tão esperada atuação de Seu Jorge.
O festival regressa em 2018 para mais uma edição