Festival Do Fado Em Alfama Muda De Nome E Decorre A 28 E 29 De Setembro

O Festival Do Fado em Alfama organizado pela produtora Música no Coração mudou de naming sponsor e imagem e passa-se a chamar Santa Casa Alfama e vai decorrer a 28 e 29 de setembro em Lisboa.

Entre os primeiros nomes confirmados estão os nomes de Alexandra, António Pinto Basto e Maura, Dulce Pontes, Paulo de Carvalho, Raquel Tavares, a jovem revelação Maria Emília, Carlos Leitão, Cristina Maria, João Chora,Teresa Tapadas, Ângelo Freire, Família Parreira (António, Paulo e Ricardo), Marta Pereira da Costa (que bisa nesta edição ao atuar também com Dulce Pontes) e Pedro Jóia.

Entre as novidades desta edição, para além do nome, é a introdução de mais um palco, no rooftop do novo terminal de cruzeiros de Lisboa, em Santa Apolónia. Esta edição vai contar com mais de 40 concertos distribuídos por 12 palcos: Palco Santa Casa, Palco Largo do Chafariz de Dentro, Palco Restaurante Museu do Fado, Palco Rooftop do Terminal de Cruzeiros de Lisboa, Palco Ermelinda Freitas (Largo das Alcaçarias), Palco Amália (Auditório Abreu Advogados), Grupo Sportivo Adicense, Igreja de São Miguel, Sociedade Boa União, CC Dr. Magalhães Lima, Igreja de Santo Estevão e o Fado à Janela no Largo de São Miguel.

Entre o cartaz já anunciado destacam-se no dia 28 as atuações de Dulce Pontes; Paulo de Carvalho e a jovem Maria Emília (uma das revelações de 2018); Teresa Tapadas e Cristina Maria.

No dia 29 é a vez de Alexandra (que homenageia Amália); Raquel Tavares; António Pinto Basto; a jovem fadista Maura; João Chora e Carlos Leitão.

Para o Largo do Chafariz de Dentro estão reservadas as atuações de Ângelo Freire; Família Parreira representada pelos guitarristas António, Paulo e Ricardo Parreira; Marta Pereira da Costa (que traz entre outros temas do seu novo trabalho); e Pedro Jóia.

Este ano o recinto do festival vai também dispor de estruturas de acessibilidade de apoio a pessoas de mobilidade reduzida e ainda tentar sensibilizar a comunidade para a importância da inclusão social, permitindo que, todos, independentemente da sua condição física e idade, possam ter condições logísticas para assistir aos concertos.

A nova imagem / logótipo do festival passa a ser um coração em forma de balão.

Os bilhetes já estão à venda e custam até dia 31 de agosto 15 euros o Bilhete Diário e 25 euros o Passe de 2 dias, até 27 de setembro custam 20 euros o Bilhete Diário e 30 euros o Passe de 2 dias. Já nos dias do Festival custam 25 euros o Bilhete Diário e 35 euros o Passe de 2 dias, e estão à venda nos locais habituais, online e Museu do Fado.

O passe tem que obrigatoriamente ser trocado por pulseira, pelo próprio, colocada pela organização do Festival no Museu do Fado, a partir do dia 27 de setembro. A pulseira dá acesso a todos os espaços do Festival até ao limite de lotação de cada um.

Nomes já Confirmados:

Palco Santa Casa
Alexandra, António Pinto Basto e Maura, Dulce Pontes, Paulo de Carvalho, Raquel Tavares, a jovem revelação Maria Emília

Palco Museu do Fado – Restaurante:
Carlos Leitão, Cristina Maria, João Chora,Teresa Tapadas

Palco Museu do Fado – Largo do Chafariz de Dentro:
Ângelo Freire, Família Parreira (António, Paulo e Ricardo), Marta Pereira da Costa, Pedro Jóia.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.