Festival de Música de Leiria arranca a 30 de Maio

image007O Festival Música em Leiria, que celebra este ano a sua 32ª edição, começa a 30 de maio e decorre até 28 de junho com um cartaz composto de sete espetáculos de música e dança, com nomes como Rita RedShoes, Nuno Aroso, PortuGoesas, a Camerata Atlântica ou a Companhia Olga Roriz.

Organizado pelo Orfeão de Leiria Conservatório de Artes e com a direção artística de Miguel Sobral Cid, o festival vai ter lugar entre o Teatro José Lúcio da Siva e o Teatro Miguel Franco, com os espetáculos a terem início às 21h30.

O primeiro dia, 30 de maio, vai contar com “Perccussive Sung Songs”, uma performance de Rita RedShoes e Nuno Aroso, que em palco conta com instrumentos como marimba, tambores vários, guitarras, organetas, eletrónica, vibrafone, kalimbas bem como espátulas de pintura, plásticos ou rádios ruidosos.

No dia 8 de junho, o Coro do Orfeão de Leiria, o Coro da Câmara do Orfeão de Leiria, o Royal Voices Choir e a Orquestra Sinfónica de Leiria juntam-se para interpretar o Requiem de Fauré, bem como obras em estreia absoluta de compositores do Orfeão de Leiria.

A forma musical “fuga” vai ser o tema do espetáculo de dia 14, quando os Camerata Atlântica sob a direção de Ana Beatriz Manzanilla levarem a palco a “Fuga para a América Latina”.

No dia 19, os cancioneiros de Goa, Índia, vão ser um dos temas do espetáculo das PortuGoesas que também interpretarão temas clássicos, tradicionais e populares portugueses.

Já no sábado 21 de junho, a Orquestra Filarmonia das Beiras vai apresentar um programa que atravessa os continentes europeu e americano, com composições de Richard Wagner, Aaron Copland, Bohuslav Martinú ou Igor Stravinsky.

Joana Sá, por seu lado, levará no dia 26 de junho o “Elogio da Desordem”, “um monólogo interior para piano semi-preparado acompanhado por instalação de campainhas e sirenes, toy piano, caixas de ruído, mini-amplificadores, voz e
eletrónica”, informa a organização do festival.

O último dia, 28 de junho, vai ser assinalado com “A Sagração da Primavera”, pela Companhia Olga Roriz no Teatro José Lúcio da Silva, um “duplo desafio para esta reconhecida artista”, pela “revisitação de uma obra maior”, e a “insistência na sua longevidade como bailarina e intérprete”.

Os bilhetes para o Festival “Música em Leiria” já estão à venda no Orfeão de Leiria Conservatório de Artes, na bilheteira do Teatro José Lúcio da Silva e também online.

Texto de Catarina Delduque

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.