Festival das Artes de Coimbra de 2010 arranca a 16 de Julho

A 2ª edição do Festival das Artes, promovido pela Fundação Inês de Castro e pela Quinta das Lágrimas, vai decorrer de 16 de Julho a 1 de Agosto, em Coimbra, sob o mote “Águas Infindas”.

À semelhança da edição anterior, este festival transversal dedicado às várias artes volta a ter diversos ciclos temáticos, como Música, Palavra, Coreografia, Artes Plásticas, Teatro, Cinema, Património, Conferências, Esperança, Gastronomia e Vida, num total de mais de 42 eventos, a decorrerem maioritariamente na Quinta das Lágrimas, durante 15 dias seguidos.

A aposta na promoção este ano também é mais forte, a começar pela apresentação à imprensa, primeiro em Lisboa e depois em Coimbra, na distribuição de um desdobrável com a programação completa e que inclui um voucher de desconto de 50% por vários pontos estratégicos, e a aposta em alguns mercados estrangeiros.

“A nossa ambição é fazer deste festival, o melhor festival ao ar livre do género em Portugal e transformá-lo numa referência a nível internacional na sua área”, referiu José Miguel Júdice ao C&H à margem da apresentação em Lisboa.

Entre os vários programas do festival, o responsável da Quinta das Lágrimas destacou o Concerto Köln, que vai interpretar “Ondulações barrocas” (considerado um dos melhores do mundo), as participações dos músicos Pedro Burmester, António Pinho Vargas, e Bernardo Sassetti.

A passagem do ciclo de cinema este ano para o anfiteatro ao ar livre da Quinta, e a participação do chefe Santi Santamaria, detentor de três estrelas Michelin, que vai ser o autor do menu de dia 27 de Julho, no Restaurante Arcadas da Quinta das Lágrimas, no Ciclo de gastronomia, são outras das novidades do programa.

O festival arranca no dia 16 de Julho, às 19h30, com o concerto “Bem Vindos a Coimbra”, pela Orquestra Clássica do Centro e pelo Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e termina no dia 1 de Agosto, às 21h30, com o espectáculo “Maiorca”, ambos na Quinta das Lágrimas. O tema para 2011 já está escolhido e vai ser dedicado a Inês de Castro, sob o tema “Paixões Trágicas”, em articulação com o Mosteiro de Alcobaça.

Os bilhetes para os espectáculos no anfiteatro da Quinta das Lágrimas têm um preço de 10 euros (o limite máximo é de mil pessoas), os bilhetes de cinema 5 euros, o jantar de dia 27 tem um preço de 80 euros e os outros dois jantares do ciclo de gastronomia 50 euros.

Por Elsa Furtado
Foto de Elsa Furtado

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.