Festival Colombo animou Porto Santo este fim-de-semana

Reportagem de Vanessa Teixeira

SAM_0980

O Festival Colombo teve início na passada quinta-feira, dia 19 de setembro, com a abertura da Feira Quinhentista, a chegada da Nau Santa Maria e posterior desembarque de Cristóvão Colombo na praia frente à Praça do Barqueiro e posterior cortejo histórico de recepção ao mesmo, também se entoou o canto Te Deum em honra da chegada dos visitadores e teve lugar um Baile de Máscaras do século XV que culminou com um espetáculo de malabaristas de fogo.

Na sexta-feira realizou-se o Cortejo do Capitão Donatário que saíu a mostrar a vila ao visitante Cristóvão Colombo; um Acampamento Castrense: oficina de tiro ao arco; animação com artes circenses por ciganos, saltimbancos e artistas; músicas e serenatas.

As hostilidades de sábado tiveram início com uma arruada musical e abertura do mercado; cortejo pelas ruas do burgo; anúncio dos banhos e noivado entre a filha do Capitão Donatário e Cristóvão Colombo, tendo culminado com a sua cerimónia de casamento. Depois do copo de água teve lugar um assalto pirata e rapto de algumas freiras tendo o festival terminado com um concerto musical numa evocação da epopeia trágico-marítima com recurso a musicalidades das sete partidas do mundo.

As festividades foram dinamizadas pela Companhia de Teatro Viv’arte, enriquecidas pelo Grupo de Pauliteiros de Miranda do Douro e pelo grupo musical Galandum Galundaina também mirandeses, animadas por alunos e professores da Escola Básica e Secundária Professor Doutor Francisco Freitas Branco que doaram o seu tempo ao festival e cujo empenho foi de louvar.

O Festival Colombo remonta ao ano de 1999, mas está sob a alçada da Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes desde 2008, que disponibiliza um orçamento de cerca de 90 mil euros para a realização deste evento turístico associado a Cristóvão Colombo. Este festival é uma mais valia para a ilha do Porto Santo e realiza-se em Setembro como forma de encerrar a época turística. Uma das inovações deste ano foi o Assalto aos Hotéis de forma a promover o festival, acontecimento que surtiu um grande sucesso junto dos hóspedes.

O Festival Colombo tem música, cor e um sabor muito próprios que nos transportam para outra época, funcionando como uma homenagem à História não só através da sua recriação e celebração como da sua componente lúdica que tanto apraz quem visita o Porto Santo.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.