Festival Caixa Alfama Regressa A 16 E 17 De Setembro Com António Zambujo, Gisela João, Marina Mota, Entre Outros

António Zambujo, Gisela João, Marina Mota, Marco Rodrigues, José Gonçalez e Sangre Ibérico, Os Mestres, e Bárbara Santos são os primeiros nomes confirmados da edição de 2017 do Festival Caixa Alfama.

A Música no Coração, promotora do festival, revelou os primeiros nomes do cartaz desta edição, que este ano vai ainda contar com a presença das Marcha da Santa Casa e da marcha da casa – Alfama – que foi a grande vencedora do concurso das marchas deste ano, que como habitualmente abre o festival.

Do programa já revelado, está confirmada a atuação de António Zambujo com Até Pensei Que Fosse Minha; Marina Mota; José Gonçalez e os Sangre Ibérico no dia 15.

E para o segundo dia estão já confirmadas as presenças de Gisela João e do seu Nua; do já habitual nestas andanças Marco Rodrigues; de Os Mestres do Fado  (projeto liderado por Diogo Clemente com os Fadistas António Rocha, Artur Batalha, Filipe Duarte, Nuno de Aguiar, Maria Amélia Proença, Maria Armanda, Maria da Nazaré e Cidália Moreira); e ainda a jovem Bárbara Santos.

Uma das novidades reveladas para esta 5ª edição é a instalação de um palco aberto ao público no Largo do Chafariz de Dentro pelo Museu do Fado, e a criação de um bilhete diário para o festival.

O palco do Centro Cultural Dr. Magalhães Lima é baptizado com o nome Palco Santa Casa e o Grupo Sportivo Adicense vai transformar-se no Palco Santa Maria Maior, patrocinado pela Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, e que vai apresentar apenas fadistas da freguesia. Mantêm-se os palcos nas Igrejas de S. Miguel e Santo Estevão, e ainda o Fado à Janela, para além do Palco Caixa – junto ao rio.

Os bilhetes para esta 5ª edição já estão à venda e custam 15 euros (20 euros no próprio dia) o bilhete diário e 25 euros o passe para os 2 dias (passando a 30 euros durante o festival). Os clientes da Caixa Geral de Depósitos têm 10% de desconto nos bilhetes adquiridos com qualquer cartão de débito ou crédito, na bilheteira do Museu do Fado.

O passe deverá ser trocado por pulseira, pelo próprio, nas bilheteiras sediadas no Museu do Fado a partir do dia 14 de setembro. A pulseira dará acesso a todos os espaços do festival até ao limite de lotação de cada um.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.