Festiva Beja Romana Está De Volta Até 25 De Maio

Até 25 de maio, Beja revive o período romano. O VI Festival Beja Romana, este ano sob o tema da Partilha de Culturas, surge como um encontro do património local, de um período específico da nossa história, com a atualidade.

Este ano são apresentados aos visitantes diversos itinerários por exposições, conferências, visitas pedagógicas, oficinas didáticas, oficinas de cozinha, música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo e outras experiências.

Durante três dias, a população vai “regressar ao passado” para reviver “a grandeza e a imponência” de Beja no tempo da dominação romana da Península Ibérica, quando se chamava Pax Julia e era capital de uma circunscrição jurídica, o “Conventus pacensis”, e a “mais importante cidade” da Lusitânia Meridional.

O festival vai decorrer no centro histórico de Beja, sobretudo na Praça da República, onde se situava o fórum romano e onde estão identificados dois templos romanos de Pax Julia, para recriar o “áureo” período romano.

Um dos “momentos altos” do festival são os cortejos romanos abertos à participação da população, e que percorrem várias artérias da cidade, “numa verdadeira manifestação do esplendor da época romana”.

As propostas para estes dias resultam de uma maior aposta nas atividades educativas e no envolvimento das escolas do concelho.

O cortejo inaugural aconteceu ontem de manhã, 23 de maio, começando na Escola Secundária D. Manuel I, com passagem por várias artérias da cidade até terminar na Praça da República.

O festival vai incluir mais cinco cortejos semelhantes, que vão partir da Praça da República para animar o centro histórico da cidade, um na quinta-feira à tarde, dois na sexta-feira e dois no sábado, sempre às 11h00 e às 17h30.

O mercado romano, com espaços de restauração e bebidas, onde mercadores e artesãos podem vender produtos alimentares, nalguns casos confecionados no próprio local, tecelagem, couro, olaria, marcenaria, acepipes e outros produtos, vai funcionar nos três dias do festival, sempre a partir das 11h00, na Praça da República.

O festival vai ter também a Domus, ou seja, uma recriação do espaço de uma casa romana, onde se poderá provar vinho de talha, cujo processo de vinificação foi desenvolvido pelos romanos, e que se mantém até aos dias de hoje.

Haverá ainda um espaço infantil, com mais de 30 jogos romanos disponíveis para os miúdos poderem brincar à moda dos romanos, a Quintinha dos Animais e os Cavalos também farão as delícias dos mais pequenos.

Os museus de Beja vão estar abertos à noite, durante o festival.

O festival vai incluir também um peddy paper – “À Descoberta de Pax Julia”, onde, em forma de brincadeira, vamos descobrir os vestígios romanos de Beja; e o Concurso de Fotografia Digital VI Beja Romana, através do qual o município convida os interessados a tirarem fotografias sobre o património histórico da cidade associado ao período romano e vivências do festival.

O programa completo pode ser consultado aqui.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.