Festejos Carnaval 2017 Pelo País

Apesar de não termos a sorte de sentir o calor do Brasil, em terras lusas fazemos por esquecer as condições climatéricas e o poder da festa apodera-se dos corpos e espíritos, trazendo à rua um clima de festa e também de alguma crítica social.

De norte a sul, desde os carnavais mais famosos à festa da aldeia, o ambiente é de alegria, talvez a antecipar a chegada da Primavera.

Bragança

Em Bragança a proposta é para uma festa mais tradicional, com os famosos Caretos e o Festival do Butelo e das Casulas. Mais de 15 grupos de mascarados e de gaiteiros de Portugal e Espanha vão sair à rua no dia 25 para assustar as raparigas solteiras e dançar ao som de músicas tradicionais. No final, quem quiser participar nesta tradição pode juntar-se aos milhares de pessoas e ajudar a queimar o Diabo.

 

 

Já no Festival gastronómico participam 26 restaurantes, onde os ingredientes principais são o butelo e as casulas confeccionados à moda antiga. Acompanham a refeição azeite, vinho transmontano e pão caseiro, terminando com uma sobremesa tradicional. O Festival do Butelo e das Casulas vai ficar instalado na Praça Camões, e permite ainda conhecer cada um dos 20 produtores de butelo, casulas e fumeiro e os 14 expositores de artesanato, produtos hortícolas e produtos da terra.

 

Nazaré

O mote para o Carnaval 2017 na Nazaré vai ser “Agarrá Bossa”. Como é tradição, vão haver bailes de máscaras nas coletividades, a festa de S. Brás (Monte de S. Bartolomeu) onde os reis se apresentam ao público, a saída das ruidosas bandas infernais, desfiles dos grupos pela marginal, passagem de testemunho no Paço Real (Sítio) e o enterro do Santo Entrudo.

Mealhada

É já nos dias 26 e 28 de Fevereiro que os desfiles carnavalescos vão sair para as ruas da Mealhada. Este ano o carnaval vai contar com a presença de cerca de mil foliões, grupos de animação e sátira, 4 escolas de samba e uma tenda com grupos de pagode, djs e ainda a presença dos Boys à la Carte, da Banda Tv5 Music e ainda dos reis do Carnaval Bruno Cabrerizo e Diana Taveira.

Os carros alegóricos partirão da zona do centro escolar, para as ruas pedonais, e circundarão o jardim municipal em direção à estação de caminho-de-ferro da Mealhada.

O tema das escolas de samba são: “Herman José e o seu percurso artístico”, no caso do Batuque, “Per Fumum! Algo no ar” com um apelo à inspiração da escola Sócios da Mangueira, “De onde vim.. para onde vou?” dos Amigos da Tijuca e a “Real Imperatriz é uma força da Natureza” da escola Real Imperatriz.

O programa inclui dia 18 de fevereiro o Carnaval Trapalhão, dia 24 de fevereiro a apresentação das Escolas de Samba, de 24 a 28 de fevereiro haverá uma Tenda Noturna com música, djs, grupos de pagode e de 26 a 28 os corsos carnavalescos.

 

Caldas da Rainha

O Carnaval das Caldas da Rainha é conhecido por ser trapalhão, satírico e pautado por uma vincada crítica social e política que dá o mote à decoração dos carros alegóricos e fantasias dos grupos que compõem o corso.

Nesta festa participam Associações e Colectividades concelho sendo até aos dias de hoje fortemente influenciado pelo universo das figuras de Bordalo Pinheiro tendo o Zé Povinho e a Maria Paciência como reis da folia.

Da programação deste ano faz parte o Baile da Fantasia e Desfile dos seniores na Expoeste, no dia 23 de fevereiro pelas 14h30; o Desfile infantil na Av. 1º de Maio no dia 24 de fevereiro pelas 10h00; no dia 25 de Fevereiro pelas 21H30 a Recepção aos Reis do Carnaval e Corso Nocturno das Associações na Av. 1º de Maio e pelas 23H00 Baile do Casino no Céu de Vidro, Parque D. Carlos I; dia 26 de Fevereiro pelas 15H00 Desfile das Associações na Av. 1º de Maio; dia 27de Fevereiro pelas 23H00 Baile do Casino no Céu de Vidro, Parque D. Carlos I e a encerrar, 28 de Fevereiro pelas 15H00 novamente o Desfile das Associações na Av. 1º de Maio.

Sesimbra

O programa de atividades este ano em Sesimbra inclui como habitual desfiles das escolas, bailes de mascarados, concursos de fantasias, as tradicionais Cegadas, as Cavalhadas de Alfarim, o Desfile Trapalhão, na Quinta do Conde e o cortejo de Palhaços.

Os desfiles das seis escolas de samba e dos dois grupos de axé, que acontecem nas tardes de domingo e terça-feira, são considerados os momentos altos deste carnaval que junta perto de 1300 desfilantes e milhares de espectadores ao longo de cerca de um quilómetro. Chocolate, o Ouro Negro que Adoça o Meu Samba, Roma, o Amor Proibido, Os Loucos que Fizeram História – Só Eles São Imortais e Atrás do Trio Elétrico Só Não Vai Quem Já Morreu são alguns dos temas que vão desfilar este ano na Marginal, o grande palco do Carnaval de Sesimbra.

Vila Real de Santo António e Monte Gordo

Vila Real de Santo António e Monte Gordo celebram o Carnaval entre os dias 24 e 28 de fevereiro, com desfiles, corsos carnavalescos, carros alegóricos e bailes.

Em VRSA, o desfile terá lugar no dia 26 de fevereiro, na Avenida da República e na Praça Marquês de Pombal, enquanto em Monte Gordo está agendado para o dia 28, terça-feira de Carnaval.

O cartaz integra ainda um programa para os mais novos, desenvolvido com as escolas do ensino pré-escolar e do primeiro ciclo, assim como um conjunto de bailes no Centro Cultural António Aleixo e na zona Poente de Monte Gordo.

Funchal

Este ano a programação de Carnaval no Funchal inclui a Festa dos Compadres em Santana, que também marca a abertura da época de Carnaval na Madeira, uma tradição com mais de 50 anos. Este é um evento conhecido pela sua originalidade, marcado pelas suas divertidas figuras gigantes que desfilam humor, cor e alegria pelas ruas desta pitoresca cidade localizada no norte da ilha da Madeira.

Haverá ainda espaço para os “Assaltos” de Carnaval, uma manifestação tradicional em que grupos de mascarados, “assaltam” a casa de amigos e conhecidos, com o intuito de lhes comer as iguarias da época: os tradicionais “sonhos” e “malassadas”, para as Festas Temáticas, uma vez que as unidades de diversão noturna oferecem diversas noites temáticas, como a “Noite dos Hippies” e a “Noite dos Travestis”, o Carnaval das Crianças, uma vez que durante este período, pais e crianças empenham-se em confecionar as máscaras que estas levam, depois, para a escola.

Na manhã de sexta-feira que antecede o dia de Carnaval, cerca de um milhar de pequenos foliões desfilam, disfarçados, pelo centro da cidade (Avenida Arriaga), num ambiente de animação carnavalesca, o Carnaval Solidário, na tarde da sexta-feira anterior ao Carnaval, a baixa da cidade enche-se de centenas de foliões da Associação de Desenvolvimento Comunitário do Funchal que desfilam pela Avenida Arriaga até ao Jardim Municipal, onde se realiza um espetáculo, o Cortejo Alegórico, em que a música abre o cortejo e no sábado à noite o cortejo alegórico leva milhares de turistas e residentes ao centro do Funchal para a ele assistirem. Este é a principal atração das Festas de Carnaval da Madeira. Nele participam mais de um milhar de foliões com vistosos trajes, e uma dezena de carros alegóricos primorosamente enfeitados e o Cortejo Trapalhão, realizado na terça-feira de Carnaval, representa o cortejo que se fazia anteriormente, de forma espontânea, na Rua da Carreira. A participação é aberta a todos, nacionais e estrangeiros, podendo fazer-se individualmente ou em grupo.

Bom Carnaval!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.