Festa Do Cinema Francês Arranca Amanhã

A 21ª edição da Festa do Cinema Francês decorre entre 8 de outubro a 4 de novembro, em Lisboa, Almada, Oeiras, Coimbra e Porto e, pela primeira vez, uma pequena mostra em versão online para todo o território português.

Destaque, nesta edição, para a homenagem a uma figura feminista do cinema francês, Delphine Seyrig (1932-1990), com «um programa que mostra clássicos de importantes realizadores da Nouvelle Vague, tais como Muriel ou le Temps d’un Retour de Alain Resnais ou Jeanne Dielman, 23, quai du Commerce, 1080 Bruxelles, assim como o espólio de filmes que realizou, sozinha ou ao lado de Carole Roussopoulos e Ioana Wieder, com quem fundou as Insubmusas, dos quais se destaca: S.C.U.M. Manifesto 1967 ou Les trois portugaises, sobre Isabel Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa. 

A Festa do Cinema Francês apresenta mais de 54 filmes, dos quais 14 em antestreia, com mais de 130 sessões e ainda 20 sessões escolares, em parceria com 8 distribuidoras nacionais.

Das antestreias agendadas, nota para Agente Haxe, de Jean-Paul Salomé, com Isabelle Huppert; Manual da boa esposa, de Martin Provost, com a atriz Juliette Binoche; Miss, do realizador luso-francês Ruben Alves, protagonizado pelo jovem ator Alexandre Wetter e ainda Thalasso, de Guillaume Nicloux e Veneza não é na Itália, de Ivan Calbérac.

Na seção não competitiva “Primeira Chance”, com filmes de produção recente sem distribuidora em Portugal, nota para A Rapariga da Pulseira, de Stéphane Demoustier; Felicitá, de Bruno Merle e O Amanhã ainda é Nosso, de Gilles de Maistre.

A seção não competitiva “Segunda Chance” apresenta filmes, de produção recente, cujas estreias aconteceram em período de confinamento, como Festa de Família, de Cédric Kahn, protagonizado por Catherine Deneuve; J’accuse – o Oficial e o Espião, de Roman Polanski ou ainda O Adeus à Noite, de André Téchiné, entre outras produções.

Com uma programação dedicada ao público jovem, a Festa do Cinema Francês, lança o dispositivo “Cinelíngua Francesa”, em parceria com o Institut Français du Portugal, com o intuito de reforçar o ensino de francês em Portugal, com apresentação dos filmes Dá-me Asas, de Nicolas Vanier; Fahim, de Pierre-François Martin-Laval ou O Espaço entre Nós, de Alice Winocour.

A edição 2020 da Festa do Cinema Francês conta ainda com Masterclasses, Sessões Especiais e Encontro com realizadores e atores.

O Cinema de São Jorge e a Cinemateca Portuguesa acolhem o evento, em Lisboa, de 8 a 21 de outubro; de 14 a 18 de outubro, as sessões terão lugar no Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça, em Almada e, nos dias 15, 17 e 18 de outubro, no Auditório Municipal Eunice Muñoz. A Festa do Cinema Francês passará, de 21 a 24 de outubro, pelo Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra e, a fechar a edição, de 26 de outubro a 2 de novembro, no Teatro Municipal do Porto – Rivoli e Cinema Trindade, no Porto.

Mais informações aqui.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.