Férias em Família, e Porque Não Um Cruzeiro?

msc_sinfonia-032[dropcap]L[/dropcap]onge vai o tempo em que víamos na televisão o Barco do Amor e sonhávamos com aventuras românticas e paisagens paradisíacas. O glamour desta série, que passou em Portugal nos anos 80, ajudou no entanto a construir uma imagem sobre os cruzeiros que hoje em dia corresponde pouco à realidade.

Desde essa época até aos dias de hoje os cruzeiros ganharam um novo dinamismo e uma nova vida. Em constante crescimento, diz quem já fez um cruzeiro que não passa sem fazer mais uma viagem a bordo de um destes barcos gigantes que cruzam mares e invadem a nossa imaginação.

Fazer um cruzeiro tem inúmeras vantagens, entre elas, a relação custo-beneficio, pois o preço de qualquer cruzeiro fica sempre mais em conta do ir pelos próprios meios a todos os lugares em que o navio aporta, a comodidade pelo facto de não precisar de se preocupar com mais nada para esta viagem como procura de hotéis, restaurantes, etc, a logística pois numa só viagem fica a conhecer diversos países sem precisar de carregar as malas para todo o lado, podendo ainda levar toda a bagagem que quiser consigo, a segurança e o conforto a bordo, a opções de diversão para toda a família, o contacto com novas culturas e a grande variedade de roteiros disponíveis.

Um dos mitos que persiste até hoje sobre os cruzeiros é de que pode não ser seguro para os mais pequenos. Trata-se de um conceito desajustado da realidade, sendo que cada vez mais fazer um cruzeiro é uma excelente opção para férias em família. Recentemente a MSC Cruzeiros realizou parcerias com marcas de topo dedicadas às crianças e aos brinquedos, passando a dispor de áreas totalmente dedicadas aos mais pequenos, com novos clubes dedicados aos passageiros mais jovens, incluindo o Spray Park, um novo parque temático no MSC Sinfonia. Depois de renovado, o navio passou a oferecer mais camarotes com varanda, maior variedade de restaurantes, zonas dedicadas aos mais novos e maiores áreas abertas.

msc_sinfonia-057À procura de novos mercados, com clientes mais novos e exigentes, leva a esta nova tendência de oferta de produtos mais diversificados. Assim, o MCS Sinfonia dispõe neste momento de um Baby Club para passageiros com menos de 3 anos equipado em parceria com a Chicco, de um Mini Club, para crianças entre os três e os seis anos e um Juniors Club para os jovens navegadores entre os sete e os 11 anos em parceria com a LEGO ®.

Mas os mais velhinhos não foram esquecidos, o navio dispões também de um Young Club para quem tem entre 12 e 14 anos, de um Teens Club, dedicado aos jovens entre quinze e dezassete anos, em colaboração com a Namco, de um Spray Park, um parque aquático para crianças, localizado no deck 11, de uma Biblioteca, um Spa, um Solarium exclusivo e 94 camarotes com varanda, tendo ainda procedido ao restyling das duas piscinas e dos dois jacuzzis. Acrescente-se ainda o serviço de babysitting e o empréstimo de carrinhos de passeio e de aquecedor de biberões para o camarote, para os passageiros com filhos pequeninos.

Os navios de cruzeiro viajam normalmente durante a noite a atracam de manhã nos portos das cidades a visitar. Depois a escolha é do passageiro: pode sair numa visita programada, pode optar por conhecer a cidade pelos seus próprios meios ou pode simplesmente ficar a bordo e desfrutar da calma depois de desembarcar toda a gente.

Por isso o MSC Sinfonia passou a oferecer 20 horas de entretenimento por dia, incluindo atividades para todas as idades e ainda cinco a sete espetáculos por semana, normalmente inspirados nos destinos do itinerário bem como atividades relacionadas com cada destino.

[satellite auto=on caption=off thumbs=on]

 

Existem dois itinerários disponíveis até 23 de agosto. Os Fiordes Noruegueses – Rota dos Vikings, com partida todos os sábados desde Copenhaga ou todos os domingos desde Warnemunde. Durante oito dias vai ser possível visitar a Alemanha, a Noruega e a Dinamarca, ou o programa das Capitais Bálticas, com partidas até 30 de agosto, onde durante oito dias vai ser possível visitar cidades da Alemanha, Suécia, Estónia, Rússia e Dinamarca.

Todas estas melhorias surgem porque o MSC Sinfonia entrou em doca seca em janeiro tendo regressado aos mares dez semanas depois. Este foi o segundo navio da MSC a ser submetido a esta renovação, depois do MSC Armonia que regressou aos mares em novembro de 2014, seguido do MSC Opera e no final de agosto deste ano, o MSC Lirica.

Fazer um cruzeiro é uma opção de férias cada vez mais procurada, a MSC Cruzeiros, cresceu 800% desde 2014 tendo transportado 1.67 milhões de passageiros. Com um volume de negócios de 1,5 mil milhões de euros, espera para 2015 um crescimento adicional de 10%.

De Lisboa e Porto é possível viajar para as cidades de partida com a TAP e as viagens podem ser adquiridas em qualquer agência de viagens, com ou sem viagem de avião incluída.

Por Teresa Leal
Fotos de Elsa Furtado

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.