Exposição Na Ponta Dos Dedos Para Ver No Padrão Dos Descobrimentos Em Lisboa

Até dia 30 de setembro o Padrão dos Descobrimentos em Lisboa apresenta a mostra Na Ponta do Dedos, de Luís Pavão.

A exposição reúne fotografias tiradas em 2016, ao longo de seis meses (entre junho e dezembro), durante os trabalhos de limpeza e recuperação das esculturas do Padrão dos Descobrimentos, e pretende através delas mostrar o trabalho de salvaguarda e proteção realizado no monumento desenhado pelo Arquiteto Cottinelli Telmo (1897-1948) e concretizado pelo Escultor Leopoldo de Almeida (1898-1975).

Construído pela primeira vez em 1940 em gesso e argamassa, como parte do cenário da Exposição do Mundo Português, o monumento foi destruído pelo vendaval de janeiro de 1941. Vinte anos depois, no contexto das Comemorações Henriquinas, volta a ser construído de acordo com os planos originais, agora sob a orientação do Arquiteto António Pardal Monteiro (1928-2012), suportado por uma estrutura de betão armado da responsabilidade do Engenheiro Edgar Cardoso (1913-2000), e as esculturas de Leopoldo de Almeida em calcário de Sintra, trabalhadas até ao mais ínfimo pormenor.

As fotografias de Luís Pavão permitem-nos, assim, uma nova perceção das esculturas: nelas, numa intensa experiência visual e sensorial, vemos e sentimos todo o trabalho do artista, o detalhe, a textura da pedra, a aspereza das botas, o pormenor de narizes, bocas e olhos, o trabalho do cinzel do escultor, o volume e a forma ao alcance dos nossos dedos.

Os bilhetes para visitar a exposição estão à venda no local e custam 5 euros.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.