Experimentar A Realidade Virtual Ao Máximo Com A Zero Latency Na Amadora

Por Elsa Furtado (Texto e Fotos)

Se é fã de jogos, das novas tecnologias e de atividades em grupo então esta é certamente uma atividade para si, falamos de Realidade Virtual e da Zero Latency.

Esta é uma empresa internacional que chegou recentemente a Portugal e com ela trouxe jogos e experiências em Realidade Virtual. O primeiro espaço está instalado no Dolce Vita Tejo, e permite jogar Laser Tag numa sala aberta, em que só cada jogador é que vê os seus adversários e o cenário do jogo através dos óculos OSVR sem fios, com que está equipado.

Para além dos óculos, cada jogador usa ainda headphones, uma mochila às costas e uma pistola de assalto Blackbird com quatro modos de utilização (pode ser usada como metralhadora, caçadeira ou sniper e tem um botão para recarregar e outro para alternar o tipo de arma).

Atualmente o jogo disponível  é o Zombie Survival, que tem como objetivo derrotar os zombies, sobreviver e salvar os elementos da equipa. Em cada sessão, podem participar até seis jogadores. O jogo dura cerca de uma hora: 15 minutos de briefing, meia hora de jogo e 15 minutos para retirar equipamento e ficar a par dos resultados.

O jogo decorre numa sala ampla, com cerca de 225 metros quadrados, sem nada dentro. A partir do momento que o jogo começa, cada jogador entra noutra realidade, que parece tão real como aquela onde estava até uns segundos antes, devido à qualidade dos cenários e do grafismo. A orientar a equipa dos humanos está um game master, que controla e vê tudo o que se passa num computador e vai dando indicações e orientações aos jogadores, a partir da cabine técnica. No final ganha aquele com a pontuação mais alta, o que neste caso quer dizer, o que matar mais zombies.

Quando o jogo acaba é hora de voltar à nossa realidade, cansados de tanto nos mexermos e matarmos zombies, meios zonzos por causa dos óculos, mas com a adrenalina ao máximo de tanta excitação. Uma hora bem passada e animada, entre amigos.

Depois do Zombie Survival a empresa promete trazer mais jogos, para os próximos meses está previsto estrear Singularity e Engineerium.

A Zero Latency funciona de segunda a quinta-feira, das 14h00 às 22h00, sexta-feira das 14h00 às 23h00, sábado das 11h00 às 23h00, domingo das 11h00 às 22h00, no Dolce Vita Tejo, na área da restauração. A idade mínima para participar é de 13 anos e o preço por pessoa por uma sessão é de 24,95 euros. As reservas podem ser feitas online, por telefone ou no local.

Portugal foi o segundo país da Europa a receber um centro Zero Latency, depois de Espanha, prefazendo um total de 18 centros a nível mundial espalhados por 8 países.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.