Espólio de Peças de Arqueologia Náutica e Subaquática em Exposição no Museu Nacional de Arqueologia

otempoO Museu Nacional de Arqueologia recebe a partir de hoje, 20 de março, a exposição O Tempo Resgatado ao Mar, que reúne um espólio diversificado com mais de 300 peças de arqueologia náutica e subaquática,  oriundas de ambientes marítimos, fluviais ou húmidos de todo o território nacional. Muitas destas peças são mostradas pela primeira vez ao público, cobrindo simultaneamente um espectro cronológico, desde a época pré-romana ao século XX.

Esta exposição, comissariada por Adolfo Silveira, permite ao visitante uma aproximação aos contextos arqueológicos, ao quotidiano dos navios nacionais e internacionais e aos grandes naufrágios ocorridos na nossa costa, evidenciando também os programas de conservação e restauro dos acervos recolhidos da atividade arqueológica náutica e subaquática, contribuindo decisivamente para a sensibilização do público em geral para a necessidade do registo e salvaguarda deste património cultural.

“O Mar, recurso sempre presente na nossa história colectiva, é o lugar de onde se resgatam os testemunhos que nos contam histórias de outros tempos e de muitas gentes, num ambiente misterioso e inacessível para a grande maioria de nós.”

A exposição pode ser vista de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00, e os bilhetes de entrada no Museu Nacional de Arqueologia custam 5 euros.

Texto de Susana Sena Lopes

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.