Esculturas de António Redondo em exposição no Monsaraz Museu Aberto

A vila de Monsaraz recebe, até 27 de janeiro, a exposição 2,5 D, que mostra vários trabalhos gráficos e esculturas em pedra, cerâmica e madeira, de António Redondo.

Este artista visual trabalha com diversos materiais e processos no campo da produção artística, como cerâmica, granitos, madeira e metais, mas também fotografia.

Segundo recorda a organização, numa nota enviada à imprensa, António Redondo tem obras públicas em Itália, Alemanha, Turquia e Portugal.

Desde 1990, os seus trabalhos puderam ser apreciados, por exemplo, na Casa Bocage (1990), em Setúbal, na Bienal da Pedra (2001), em Alpalhão, no Ministero per i Beni Culturali ed Ambientali (1994), em Roma (Itália), na Marmommachine (1996 e 1997), em Marina di Carrara (Itália), na Wunsiedel Steinmetzschule (1997), em Wunsiedel (Alemanha), na Art Now! (1998), em Bamberg (Alemanha) e na Yezemek Biennale (2006), em Yezemek (Turquia).

Integrada no ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto, promovido pela Câmara Municipal, a exposição “2,5 D” vai ser inaugurada no próximo sábado, dia 15 de dezembro, às 11h30, na Igreja de Santiago, na vila medieval de Monsaraz.

Texto de Ângela Nobre

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.