Pestana lança 3ª fase do Tróia Eco-Resort & Residences

Jose RoquetteO grupo Pestana anunciou ontem o lançamento da 3ª fase do projeto Pestana Tróia Eco-Resort & Residences, e fez um balanço muito positivo da 1ª e 2ª fase, com a venda de 100% das casas construídas, de um “projeto lançado em tempo de crise”, explicou José Roquette, administrador responsável pelo projeto, aquando a apresentação à imprensa.

Um sucesso que, segundo José Roquette, assenta “não só na qualidade do produto e na força da marca como na localização única, a uma distância a pé de praias paradisíacas, e muito perto de Lisboa”, segundo ele “não estão a vender só casas, paredes, mas também um conjunto de serviços, experiências, e vivências”.

A nova etapa vai contar com a construção de apenas 37 casas com diferentes tipologias e preços, todas com acesso pedonal à praia. As casas, que são para entregar no verão de 2015, têm todas entre duas e quatro assoalhadas e preços que começam nos 250 mil euros. Além destes projetos o empreendimento dispõe também de 41 lotes de moradias para construção “chave na mão”.

Este projeto contempla ainda um aparthotel, com 150 unidades, com as tipologias T1 e T2, ainda sem data de concretização, explicou o responsável ao C&H.

Maquete Pestana TroiaLocalizado a poucos minutos de Lisboa, e numa zona de Reserva Ecológica, este Eco-resort foi projetado para uma construção em cinco fases e ao longo de dez anos. Com uma frente de praia virgem de dois quilómetros, o condomínio privado do resort tem um conceito eco diferenciado, pensado para minimizar o impacto ambiental.

Os materiais usados são amigos do ambiente e a construção é sustentável. Ao todo são cem hectares de terreno e equipamentos de lazer e desporto, como um ginásio, spa, club house com piscina interior e exterior, sala de jogos e leitura, clube para crianças e parque aventura, cortes de ténis, campos de jogos multiusos, restaurante, bar e apoio de praia.

Por Tânia Fernandes (Texto e Fotos)
 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.