Dia Mundial Do Teatro – Celebrações De Norte A Sul

Celebra-se amanhã – dia 27 de março – o Dia Mundial do Teatro, arte milenar que continua a encantar, educar, entreter e divulgar. Do Drama à Comédia, do Non-sense ao trágico, da Revista à Ópera…Das pancadas de Molière ao subir do pano, das gargalhadas às lágrimas, do desassossego às palmas e…uma vénia, mil vezes repetida, para todos os que dão (a) vida ao teatro.

Veja aqui alguma da programação preparada para este dia:

Em Braga:

O Theatro Circo apresenta às 11h00 e às 15h00, O Barbeiro de Sevilha, pela Companhia de Teatro de Almada, uma peça para maiores de 3 anos, com bilhetes a 10 euros. E às 21h30, a peça A Antiga Mulher, com encenação de Tony Cafiero. A peça é para maiores de 14 anos e o preço do bilhete é de 10 euros.

No Porto:

O Teatro Nacional S. João (TNSJ) estreia a peça O Resto Já Devem Saber do Cinema, de Martim Crimp, com encenação de Nuno Carinhas e Fernando Mora Ramos. A partir de As Fenícias, de Eurípides, a peça é um herdeiro direto da “grega inquietação”, legado que reconhece e subverte, com insolência e maturidade, passe o paradoxo. Um teatro que muito duvida e que muito pergunta. “Onde está o mundo?” – “Que filme é esse que continuamente projetas no cinema deserto da minha cabeça?”.
A peça estará em cena até ao dia 14 de abril. O preço dos bilhetes varia entre os 7 e os 16 euros.

Ao Teatro Carlos Alberto (TeCA) regressa a peça Ter Razão, do dramaturgo e encenador Ricardo Alves. O espetáculo coproduzido pela Ensemble, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão de TNSJ, sobe ao palco do Teca de 8 a 17 de março. O preço do bilhete é de 10 euros.

No dia 29 de março, às 19h00, no Teatro Rivoli, Gonçalo M. Tavares & Os Espacialistas propõem-se criar um Laboratório de Formas de Sentir Acima da Média, a partir do tema “Os Animais e o Dinheiro”. O bilhete custa 5 euros.

Também nos dias 29 e 30 de março, às 21h00, estreia Sonoscopia & Teatro de Ferro W, um concerto encenado para orquestra robótica e marionetas, no Auditório Teatro Campo Alegre. A peça, para maiores de 12 anos, tem um custo de 7,50 euros.

Em Coimbra:

Inserido na 4ª edição do Festival bianual Encontro de Novas Dramaturgias – Festival END – O Teatro Académico Gil Vicente (TAGV) apresenta durante três dias, alguma da mais recente produção de dramaturgia em Portugal, respeitando a diversidade estética dos seus autores e convocando outros lugares onde também reside a literatura, como a performance ou a dança. A presente edição continua assim a dar conta e interrogar as várias dimensões da literatura nas artes do palco. Assim, no dia 27 de março, pelas 16h00, sobe ao palco da Galeria do Colégio das Artes a peça Salomé. A entrada é gratuita.
O TAGV acolhe ainda a peça Veneno, protagonizada por Albano Jerónimo e escrita por Cláudia Lucas Chéu. A peça será apresentada às 22h00. Para maiores de 16 anos, tem um preço de 5 euros.
No dia 28 de março, às 22h00, o TAGV acolhe Cinderela. Para maiores de 12 anos, a peça tem um custo de 5 euros. Segue-se, no dia 29 de março, às 22h00, também no TAGV, White Rabbit, Red Rabbit, de Nassim Soleimanpour. A peça, para maiores de 12 anos, tem um custo de 5 euros.

Com entrada livre, o Teatro Paulo Quintela, FLUC, apresenta pelas 19h00, a peça I Call Her Will, um emparelhamento de ideias de luz, escuridão, movimento, natureza.

Em Lisboa:

O Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII) apresenta, na Sala Garrett, às 19h00, Frei Luís de Sousa, com encenação de Miguel Loureiro e texto de Almeida Garrett, e terá entrada livre, mediante levantamento de bilhetes a partir das 13h00 na bilheteira do Teatro.
Na Sala Estúdio, do TNDMII, a proposta é às 19h30, a peça
Um Outro Fim Para a Menina Júlia, de Tiago Rodrigues, também com entrada livre.

Às 15h00 o átrio do D. Maria II recebe o lançamento do catálogo da exposição José Marques: Fotógrafo em Cena, uma edição TNDM II / Bicho-do-Mato (Coleção “Estudos”). Após a apresentação, segue-se a inauguração da exposição com o mesmo nome, que contará com a presença dos curadores Cláudia Madeira, Filipe Figueiredo e Teresa Mendes Flores, e do Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II, Tiago Rodrigues. Com mais de 100.000 imagens de teatro, e que estará patente em vários espaços do Teatro até junho de 2020, com entrada gratuita.

No Teatro da Trindade/Inatel o convite é para ver a peça Zoom, em cena na Sala Carmen Dolores, com encenação de Diogo Infante, e as interpretações de Virgílio Castelo, João Reis, Sandra Faleiro e Sara Matos. O preço dos bilhetes conta com um preço especial.

Na Sala Estúdio a proposta é #Emigrantes, a partir de Al Berto, Fernando Pessoa e S?awomir Mroék, com encenação e dramaturgia de Ricardo Boléo, às 21h30. Os bilhetes estarão à venda por8 euros.

Em Faro:

O Teatro das Figuras apresenta Assembleia, de Rui Catalão, nos dias 27 e 28 de março, com sessões escolares, às 10h30 e para o público em geral, às 21h30. A peça é para maiores de 12 anos e o preço do bilhete é de 3 euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.