Dia Mundial Do Teatro 2021

Sábado, dia 27 de março, assinala-se o Dia Mundial do Teatro, efemérirde criada pelo Instituto Internacional do Teatro em 1961. Mesmo em tempo de Pandemia e com Estado de Emergência em vigor, os principais teatros nacionais não quiseram deixar passar a data em branco e prepararam uma programação especial, que pode ser vista online.

Começamos pelo Porto, com a programação do Teatro Nacional de São João. O programa começa às 9h00, com a Oficina de Páscoa no Teatro, com orientação de Marta Freitas, para jovens entre os 10 e os 13 anos. A oficina decorre até dia 1 de abril e tem um custo de 40 euros.

A oferta continua com a exibição das peças À Espera de Godot e O Balcão, produções próprias do TNSJ.

À Espera de Godot, que  teve uma apresentação única em live streaming, no dia que assinalou o fim das celebrações do Centenário do São João, conta com encenação de Gábor Tompa e interpretação do elenco “quase” residente do TNSJ, e vai estar disponível para visualização a partir das 21h00 de sexta-feira, 26 de março, até 4 de abril, e os bilhetes podem ser adquiridos online e custam 2 euros.

A programação conta ainda com o projeto “E se Gil Vicente passasse na Netflix?”, do Clube de Teatro Sub-18 do Centro Educativo, bem como o projeto “Todos os que Falam”, «uma série de entrevistas com quem conhece, pensa e faz teatro».

Destaque para o lançamento do terceiro volume dos Cadernos do Centenário, através da publicação do ebook Teatro Visual: 100 Anos de Objetos Gráficos, de Francisco Laranjo.

Em Lisboa, destacamos a programação do Teatro D. Maria II, que irá transmitir na página do Facebook a partir das 10h00,  Os Lusíadas Como Nunca Os Ouviu. Ao longo de oito horas, Os Lusíadas serão ditos na íntegra, numa iniciativa a cargo do ator António Fonseca.

Segue-se o espetáculo By Heart, de Tiago Rodrigues, estreado em 2013, em Lisboa. “Aqui, o autor ensina um poema a 10 pessoas. Essas 10 pessoas nunca viram o espetáculo e não sabem que poema vão aprender de cor à frente do público. Enquanto os ensina, Tiago Rodrigues vai desfiando histórias sobre a sua avó quase-cega misturadas com histórias sobre escritores e personagens de livros que, de algum modo, estão ligados à sua avó e a ele próprio.”

Os espetáculos têm acesso gratuito.

Na Sala Online do D. Maria II, de 26 de março a 9 de abril, estará Teatro, de Pascal Rambert e, em cena até dia 2 de abril, Jaguar, de Marlene Monteiro Freitas. Os espetáculos têm um custo de 3 euros.

A Salinha Online do D. Maria II, com acesso gratuito, os mais pequenos poderão encontrar 20 histórias pensadas para a infância e realizado por atores a partir das suas casas e os espetáculos Onde é a Guerra? e Juro que é Mentira, de Catarina Requeijo.

Ainda em Lisboa, de destacar a iniciativa da Freguesia de Santo António que assinala a data com nova toponímia, renomeando as suas ruas com nomes de vários artistas portugueses ligados a esta arte. A Avenida da Liberdade, por exemplo, será renomeada como “Casa do Artista – Apoiarte”, por forma a dar visibilidade a esta causa; Largo do Rato – Largo Ivone Silva; Parque Mayer – Largo António Cordeiro; Rua Alexandre Herculano – Rua José Raposo; Rua Alexandre Herculano (2-44 e 1-33) – Rua Diogo Morgado; Rua Castilho (1 a 75) – Rua Amália Rodrigues; Rua Gustavo de Matos Sequeira – Rua João Baião; Alameda de Santo António dos Capuchos – Alameda Carlos Quintas; Alto do Penalva Alto Simone de Oliveira; Arco do Evaristo – Arco Filioe LA Féria.

Ao todo serão renomeadas 130 ruas da freguesia, com uma toponímia especial colocada abaixo das placas já existentes. Os novos nomes não substituem os atuais, pretendendo ser apenas uma forma de homenagear os nossos artistas durante uma semana. O trabalho será realizado na noite de 26 de março.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.