Dia do Fado instituído na Argentina

fado_argentinaDecorreu no passado fim-de-semana, na Usina del Arte, em Buenos Aires, Argentina, a primeira edição do Festival Fado em Buenos Aires, o cartaz de luxo foi composto por Ana Moura, Miguel Capucho e Ângelo Freire, e ainda sessões de cinema, conferências e uma exposição.

O Festival do Fado em Buenos Aires sucede ao Festival do Fado em Madrid (cuja 4ª edição decorre ainda este mês) e ao Festival do Fado no Brasil ( cuja primeira edição ocorreu em agosto de 2013), fortalecendo assim a presença do género musical do Fado na América Latina. A iniciativa é da Everything is New e da Alto e Bom Som.

O Senado da Nação Argentina aprovou no dia 14 de novembro de 2012, por iniciativa do cidadão argentino Victor Antonio Lopes, com fortes ligações à cultura musical portuguesa e promotor da nossa Cultura naquele país, a instituição do Dia do Fado na Argentina, sendo este celebrado a 6 de outubro, data da morte de Amália Rodrigues, como homenagem à artista portuguesa.

De realçar que, tal como o Fado é considerado a Canção Nacional portuguesa, o Tango é o estilo musical emblemático da Argentina, havendo quem aponte muitas semelhanças e uma base comum similar aos dois estilos musicais, chamando-lhe até “canções irmãs”, como ilustrou um espetáculo exibido aquando a Lisboa 94, no CCB.

Texto de Madalena Travisco

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.