D.A.M.A Esgotam Duas noites no Campo Pequeno

DAMA
DAMA

O primeiro de dois concertos dos D.A.M.A no Campo Pequeno em Lisboa terminou como começou: Cheio. Cheio de jovens muito jovens e de muitos paizinhos e mãezinhas a acompanhar as crianças que puderam assistir ao concerto de apresentação do segundo álbum Dá-me um Segundo lançado no passado dia 23 de outubro e de temas do álbum de estreia Uma Questão de Princípio lançado há pouco mais de um ano, em setembro de 2014.

Toda a gente de pé com os braços no ar no enquadramento de uma super selfie tirada do palco pelos D.A.M.A,  com todos os músicos e convidados, marcou o final do concerto. Concerto que teve como encore “Não dá” e “Balada do desajeitado”, depois dos 14 temas do alinhamento, todos sabidos do início ao fim: “E lá vou eu, e lá vou eu” de “Calma” marcou o início. “Já não quero falar (JNQF)”, “Sente a minha magia”, “Luísa” – dedicada a todas as miúdas da sala, “The secrets in silence” (com Mia Rose), “Agora é tarde”.“Mas nunca é tarde para dizer que vocês são os melhores do mundo. Obrigado, pessoal!”

Voltando atrás alguns meses, trouxeram “A minha inspiração” e reptos ao barulho (como se fosse preciso): “Pessoal, eu quero saber quem é que daqui tem orgulho em ser português? Quem é que tem orgulho em ser português? (…) Portugal é o melhor país do mundo e nós temos a sorte, somos abençoados… graças a vocês. Obrigado por darem oportunidade à música portuguesa e temos aqui muitos músicos portugueses cheios de talento”.

O “Eu sei”, a “Primeira vez” (com João Pequeno), o “Adeus e as melhoras” (de e com João Só), antes do emblemático “Às vezes”  que mostrou que todos sabem o que fazem e dizem OK. Tempo ainda para “Tempo para quê”e “O maior”. A tecnologia permitiu trazer a voz e imagens de Gabriel O Pensador para o “Eu não faço questão”.

 [satellite auto=on caption=off thumbs=on]

 

Com grande cumplicidade, a várias vozes, e em diversos tempos, Kasha, Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho referiram que os três não são apenas os três, numa evocação a todos os músicos, pessoal técnico, convidados e público.

D.A.M.A é acrónimo de “Deixa-me Aclarar-te a Mente, Amigo”.  Um fenómeno da música portuguesa bem aclarado: 187 concertos, 46589 quilómetros percorridos, 32 milhões de views no Youtube, 45 semanas no TOP 5 nacional, 30 mil discos vendidos, 20 semanas no 1º lugar…

Reportagem de Madalena Travisco (texto), Joice Fernandes e António Silva (fotografias)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.