D. Maria II e Museu Nacional do Teatro apresentam Lucien Donnat – Um Criador Rigoroso

lucien_donnatO Teatro Nacional D. Maria II inaugura, em parceria com o Museu Nacional do Teatro, a exposição Lucien Donnat – Um Criador Rigoroso. A mostra decorre no dia 9 de janeiro no espaço museológico e a 25 no teatro da Baixa.

Com curadoria de Vítor Pavão dos Santos e Rui Afonso Santos, a exposição evoca a vida e obra de um dos mais importantes desenhadores do teatro português. Colaborador assíduo do D. Maria II, Lucien Donnat dividiu-se entre a cenografia, os figurinos, a decoração, a música, o design e a poesia.

Em 1941, Amélia Rey Colaço convida-o para compor a música e desenhar cenários e figurinos para a peça infantil Maria Rita, assinada por Mariana Rey Monteiro, sua filha. Começa aqui uma longa colaboração com o Teatro Nacional D. Maria II, que marcaria todo o século passado.

À espera dos visitantes no Museu Nacional do Teatro estará o percurso cronológico de Donnat para o teatro em Portugal. Já no D. Maria II, o destaque vai para a análise de Antígona, peça de estreia de Mariana Rey Monteiro, em 1946 e para o trabalho de Lucien como decorador de espaços públicos.

A 25 de janeiro, e em simultâneo com a estreia da mostra, decorrerá a apresentação da monografia Lucien Donnat – Um Criador Rigoroso, edição do TNDM II em parceria com a Imprensa Nacional – Casa da Moeda.

A entrada na exposição, em ambos os espaços, é livre.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.