Cornucópia celebra 40 anos com o Auto de La Sibila Casandra

auto_sibila_casandraLuís Miguel Cintra e a sua Cornucópia estão de parabéns pelos 40 anos da companhia e o presente de aniversário é o Auto de la Sibila Casandra. A obra de Gil Vicente sobe ao palco do Teatro do Bairro Alto nos dias 27 e 28 de setembro, pela mão da companhia espanhola Nao D’Amores, que volta a assim a produzir para a Cornucópia.

Este auto conta-nos a história de Cassandra, uma pastora que anuncia que o messias incarnará numa mulher virgem. Convencida de que é a eleita, diz não ao amor e ao casamento. E a confusão gera-se quando as cortinas do teatro se abrem para mostrar a Virgem Maria e o seu filho recém-nascido. Encomendado como auto de Natal, a peça de Gil Vicente acaba por se tornar numa sátira moral, onde não faltam cenas cómicas e intriga, misturando o profano e o litúrgico.

O Auto de la Sibila Casandra tem direção de Ana Zamora e interpretação de Sérgio Adillo, Elena Rayos, Carlos Segui, Juan Pedro Schwartz e Alejandro Siguenza.

O texto, dito na sua versão original castelhana, sobe ao palco às 21h30. Os bilhetes custam 10 euros – há descontos para jovens, seniores, estudantes de teatro, profissionais do espetáculo e desempregados – e podem ser adquiridos nos locais habituais.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.