Coriolano no Teatro Nacional D.Maria II

IMG_9347Coriolano, a peça de William Shakespeare, encenada por Nuno Cardoso, estreia dia 9 de janeiro, na sala Garret, do Teatro Nacional D.Maria II.

Albano Jerónimo, Afonso Santos, Ana Bustorff, António Júlio, Catarina Lacerda, Daniel Pinto, João Melo, Luís Araújo, Mário Santos, Pedro Frias, Ricardo Vaz Trindade, Rodrigo Santos e Sérgio Sá Cunha dão vida a uma das últimas tragédias de Shakespeare, escrita em 1607-8.

Coriolano conta a história de Caio Márcio, o general romano que conquistou a cidade de Corioli aos volscos e que, refém de manobras políticas, se tornou figura odiada entre o povo romano. Shakespeare recorre mais uma vez à Roma antiga para falar sobre a Inglaterra dos seus dias. Neste caso, deu largas à pena e distraiu-se a experimentar as zonas de fronteira dos géneros dramáticos.

Nuno Cardoso, que já havia trabalhado Shakespeare com Ricardo II (2007) e Medida por Medida (2012), entra agora na peça mais politica do autor, que deixa suspensas questões até ainda hoje por responder: quem queremos e como queremos ser governados?

Coriolano estreia a 9 de janeiro e fica em cena até 2 de fevereiro. Pode ser vista às quarta-feiras às 19h00, de quinta a sábado às 21h00 ou aos domingos às 16h00. Os bilhetes custam entre 17 euros (plateia) e 5 euros (2º balcão). Há descontos para jovens, seniores, grupos e desempregados, entre outros.

Texto de Tânia Fernandes. Fotografias de Jorge Rodrigues.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.