Companhia de Teatro de Sintra estreia Sem Rede

sem redeSem Rede é o mais recente trabalho da Companhia de Teatro de Sintra, que estreia dia 11 de outubro na Casa de Teatro em Sintra. O texto é de Ana Saragoça e tem encenação de João de Mello Alvim.

A ação decorre em tempo real, numa noite de sexta-feira em casa de Alice e Isabel, mãe e filha. A mãe, há muito divorciada, resolve receber para jantar o namorado de há 25 anos, seu primeiro grande amor, mentor nas lutas estudantis, quem no fundo a moldou em termos intelectuais.

A filha, totalmente desengajada em termos políticos, procura freneticamente uma saída no estrangeiro, de preferência sem ter de pensar muito. O jantar decorre num ambiente entre tenso e cómico, com a mãe a ajustar-se à nova imagem do velho amor e abandonando gradualmente todas as ideias de retomar o romance; a filha sentindo-se gradualmente mais atraída por aquele homem que pode quiçá salvá-la de ir limpar retretes para a Suíça; e Bruno jogando ambiguamente com ambas.

Através das características das personagens e dos conflitos gerados, “sem rede” é uma reflexão sobre o Portugal atual, alimentado por um passado de sonhos frustrados e com as perspetivas de futuro ocultadas por um denso nevoeiro.

Sem Rede é a 67ª criação da Companhia de Teatro de Sintra. O espetáculo é para maiores de 12 anos e tem a duração de uma hora. Estreia a 11 de outubro, na Casa de Teatro de Sintra e está em cena até 27 de outubro de 2013. Há sessões de quinta-feira a sábado às 21h30 e aos domingos às 16h00. O bilhete normal custa 7,5 euros e 5 euros com desconto (5 pessoas ou mais, menores de 25 anos ou maiores de 65 anos). Reservas através do telefone 219233719.

Texto de Tânia Fernandes

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.