Ciclo de Arte Contemporânea no Convento de Cristo arranca com exposição de Pedro Valdez Cardoso

O Convento de Cristo de Tomar inaugura dia 1 de novembro a exposição Reino, que dá início a um ciclo anual de seis exposições individuais de Arte Contemporânea, numa parceria com o Projeto Travessa da Ermida de Belém.

Este ciclo de exposições decorre até dezembro de 2015, e vai trazer ao monumento artistas de renome internacional como Vasco Araújo, Susanne Themlitz, Miguel Palma, entre outros, procurando cruzar a linguagem contemporânea com os conceitos de património histórico e cultural estabelecendo, deste modo, um diálogo aberto com esse património e as comunidades envolventes.

Em Reino, Pedro Valdez Cardoso congrega no Convento de Cristo, em Tomar, um núcleo de dez obras de grande escala que encerram em si e no seu conjunto, uma dimensão histórica, cultural e social análoga a vários períodos da história do Convento.

A um conjunto de obras datadas entre 2008 e 2013, o artista apresenta ainda quatro obras inéditas realizadas a partir das especificidades históricas e iconográficas do espaço expositivo. O extenso espectro temporal, o decurso do tempo no espaço, que a edificação do próprio Convento encerra em quase 900 anos da História de Portugal, constitui o mote e a inspiração de leitura de Reino, e simultaneamente, o paralelismo que Valdez Cardoso estabelece entre este espaço e o seu próprio fazer artístico.

A exposição Reino vai estar patente até dia 18 de janeiro de 2015, e pode ser vista das 9h00 às 17h30, de segunda-feira a domingo.

Texto de Susana Sena Lopes

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.