Cervejaria Trindade Celebra 182 Anos Em Todo O Seu Esplendor

Por Elsa Furtado (Texto e Fotos)

É um dos espaços de restauração mais emblemáticos de Lisboa, mas também do país, aqui, mais do que a comida, a História e a Arte também estão em destaque, especialmente nas paredes, falamos da Cervejaria Trindade, instalada no antigo Convento da Santíssima Trindade dos Frades Trinos da Redenção dos Cativos, na zona da Trindade ao Chiado, e que este ano completa 182 anos de vida.

A história da Cervejaria remonta a 1836, ano em que Manoel Moreira Garcia, industrial de origem galega, adquiriu as ruínas do convento e instalou a Fábrica de Cerveja da Trindade, a primeira fábrica de cerveja em Portugal, com o sucesso crescente foi posteriormente instalado um balcão de cerveja a copo e, mais tarde, uma cervejaria composta por quatro salas e um pátio e em 1854, a fábrica tornou-se fornecedora oficial da Casa Real.

Com o virar do século e o novo panorama comercial e industrial, a fábrica foi adquirida pela Sociedade Central de Cervejas, e na década de 40, o edifício foi recuperado e modernizado, sendo a Cervejaria aberta ao público como sala de refeições, mais recentemente, já no século XXI, passa para o Grupo Portugália Restauração, que tem a seu cargo a missão de manter o espaço vivo e em todo o seu esplendor, é disto exemplo o trabalho de restauro que os azulejos foram alvo recentemente.

Também a carta vai sofrendo ligeiras adaptações, mas para além dos mariscos, que são um dos ex-libris da casa, o Bife à Trindade (do lombo, vazia, ou frango) é outro dos pedidos obrigatórios por aqui, acompanhe com batatas fritas, salada ou legumes. Se preferir porco tem sempre as Presas de Porco à Frei Bolota, e os mais pequenos também têm um menu criado a pensar neles, há ainda Arroz de Marisco e Pratos de Bacalhau. Para sobremesa, as tentações são muitas e vão desde as Natas do Céu, à Mousse de Chocolate ao tradicional Pudim Flan, entre outras sugestões de inspiração conventual e fruta da época.

Para acompanhar, é claro, uma cerveja – loura ou ruiva se preferir, mas há também vinhos, águas e refrigerantes na carta, basta pedir a um dos “frades” que se encontram pela sala.

Pode fazer a refeição em qualquer uma das salas do antigo convento, mas se o tempo convidar, pode sempre optar pelo pátio exterior, a história e a arte são presenças e companhia constantes e só por si são um motivo de visita.

A História do Convento

O Convento da Santíssima Trindade dos Frades Trinos da Redenção dos Cativos foi construído inicialmente em 1294, e teve como missão inicial resgatar os prisioneiros cristãos aos mouros, durante 400 anos foi um dos mais importantes conventos da cidade de Lisboa, apoiado por Casas Reais e pela Nobreza. Foi destruído por três vezes, no século XVIII – em 1704 por um incêndio, em 1755 pelo terramoto que atingiu Lisboa e, por um novo incêndio, quando já se erguia em 1756 – acabou por desaparecer no ano 1834 como convento, como consequência da extinção das ordens religiosas em Portugal, ficando apenas o seu edifício, que veio então albergar a Trindade até aos dias de hoje.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.