Centro Internacional Das Artes José De Guimarães Inicia Novo Programa

O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), em Guimarães, inicia dia 16 de abril, um novo programa artístico, intitulado Nas Margens da Ficção, com curadoria de Marta Mestre.

Para assinalar o novo programa serão inauguradas oito exposições inéditas, com «intervenção de artistas de várias origens e novos diálogos com a coleção permanente do artista José de Guimarães».

Este novo programa artístico «debruça-se sobre o fazer ficcional da arte e remete para a polifonia e o emaranhado de vozes, muitas vezes contraditórias, que disputam o museu, caminhando para dar margem à ficção através de uma imaginação que se dirige para o real e o regenera. Reativando o contar e o narrar, o programa convoca formas de conhecimento esquecidas ou em desuso, especulações digitais, tradições orais, construções mitológicas, fábulas, especulações».

Assim, nos próximos três anos, ciclos de exposições, visitas, conversas, debates e sessões de cinema e performance explorarão o tema do novo programa.

Os visitantes poderão, a partir de dia 16 visitar Cosmic Tones, de Francisca Carvalho; Pasado, de Rodrigo Hernández; Quarto Blindado, de Fernão Cruz e Complexo Colosso, com curadoria de Ángel Calvo Ulloa., bem como Mistérios do fogo, exposição coletiva; Sala das Máscaras convida… Sarah Maldoror ; Signos Sinais, um breve capítulo da longa narrativa sobre o signo realizada por José de Guimarães e Mitos… Non…Avesso, de Anna Franceschini, Horácio Frutuoso, José de Guimarães, Kiluanji Kia Henda e Manoel de Oliveira.

Este novo ciclo de exposições ficará patente no museu até 5 setembro. E já este domingo, 18 de abril, pelas 11h00, o serviço de Educação e Mediação Cultural d’A Oficina leva a cabo uma Visita Orientada a este Novo Ciclo de Exposições

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.