Centro Internacional Das Artes José De Guimarães E Palácio Vila Flor Inauguram Exposições

O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) e o Palácio Vila Flor, em Guimarães, inauguram, a 16 de abril, duas exposições da responsabilidade d’A Oficina.

Nas Margens da Ficção, novo programa artístico, que decorrerá até 2023, da responsabilidade da nova curadora geral do CIAJG, Marta Mestre e Movimentos Bruxos, com curadoria de Ivo Martins, desenvolvido pelo grupo artístico composto por Carlos Lima, Dora Vieira e João Alves estarão patentes no CIAJG e no Palácio Vila Flor, respetivamente.

As novas exposições poderão ser visitadas gratuitamente no dia da inauguração, até às 21h00, permanecendo abertas ao público no sábado e no domingo de manhã, com lotação limitada a 20 pessoas em simultâneo no CIAJG e a 10 pessoas no caso do Palácio Vila Flor.

Nas margens da ficção debruça-se sobre o fazer ficcional da arte e remete para a polifonia e o emaranhado de vozes, muitas vezes contraditórias, que disputam o museu, caminhando para dar margem à ficção através de uma imaginação que se dirige para o real e o regenera. Reativando o contar e o narrar, o programa convoca formas de conhecimento esquecidas ou em desuso, especulações digitais, tradições orais, construções mitológicas, fábulas, especulações.

O arranque do novo programa artístico do CIAJG é assinalado pela inauguração de oito exposições inéditas com intervenção de artistas de várias origens e novos diálogos com a coleção permanente do artista José de Guimarães.

Quanto à mostra Movimentos Bruxos apresenta o trabalho desenvolvido pelo trio portuense que «aborda e transfigura um conjunto de visões em que entrelaçam realidade e fantasia, onde o imaginário se cruza com o religioso e o físico abraça o incorpóreo, traçando relações entre paisagens primitivas, contemporâneas e/ou visionárias do espetáculo e da tecnologia. Apresentam as diferentes manifestações das suas entidades individuais sob a forma de pintura, colagem e escultura, assim como a sua fusão em peças desenvolvidas no conjunto, e na acção coletiva sobre o espaço.»

As novas exposições ficarão patentes até 5 setembro no caso do CIAJG e até 31 julho no Palácio Vila Flor.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.