Celebra-se Hoje O Dia Mundial Da Poesia

Assinala-se hoje o Dia Mundial da Poesia, são vários os eventos a decorrer um pouco por todo o lado, com destaque para Lisboa, Oeiras e Óbidos.

Em Lisboa destaque para a Feira do Livro de Poesia, que vai ocupar o Jardim da Parada em Campo de Ourique, de 21 a 25 de março. Durante estes dias vai ser possível comprar livros e participar em várias atividades como Oficinas de Leitura, Música ao vivo, Recital de Piano, Exposições, Palestras, Leituras Encenadas e ainda Espectáculos para Bebés. Esta iniciativa permite ainda possibilidade de fazer-se uma visita guiada ao Espaço Llansol, recentemente aberto ao público, que apresenta a vida e obra de Maria Gabriela Llansol, através de textos inéditos e outras obras do espólio da escritora.

A Casa Fernando Pessoa vai ter entrada gratuita dia 21, entre as 10h00 e as 18h00, uma oficina para escolas com Miguel Cardoso  “Acontece-me um Poema”, umconcerto com a Banda Farra Fanfarra | sopros e percussão na Feira; às 18h00 vai decorrer a inauguração da exposição sobre Camilo Pessanha, com curadoria de Pedro Barreiros e leituras de poesia por Maria do Céu Guerra, no Espaço Cultural Cinema Europa; e ainda às 21h00, na Casa, tem lugar a Leitura encenada em português e crioulos de Cabo Verde, com António Fonseca e convidados, da Tabacaria, de Fernando Pessoa.

No dia 22, às 15h00, tem lugar uma visita guiada à Casa Fernando Pessoa; às 18h00 tem lugar uma Palestra por João Barrento: «A ideia da poesia é a prosa» – Llansol e a questão da poesia – com exposição de manuscritos e leitura de textos de Llansol sobre o tema e às 21h00 decorre um concerto com Coro e Orquestra de Câmera da Universidade de Greisfswald, na Igreja Evangélica Presbiteriana de Lisboa.

No sábado destaque para o concerto com a banda Blacstation, no Coreto do Jardim da Parada às 15h00 e às Espetáculo para bebés / Companhia ANDANTE – Afinal… o Gato?, na Casa Fernando Pessoa. Às 18h00 tem lugar o concerto Só Ritmos e Melodias…: Aldina Duarte em diálogo com Llansol, no Espaço Llansol e às 21h00 – Recital de piano por Ruben Alves no Espaço Cultural Cinema Europa.

No dia 25 destaque para a visita temática à exposição Os Deus Debruçam-se do Parapeito das Escadas na Casa Fernando Pessoa, às 15h00.

Em Oeiras, destaque para o concerto da Lisbon Poetry Orchestra – Poetas Portugueses de Agora, que sobem ao palco do Auditório Ruy de Carvalho, às 21h30.

A Lisbon Poetry Orchestra é formado por um núcleo de quatro músicos a que se juntaram quatro vozes e que convidam outros artistas para celebrar e interpretar a poesia numa viagem verdadeiramente única à descoberta e reinvenção da palavra dita. As vozes são de André Gago (ator), Miguel Borges (ator), Nuno Miguel Guedes (jornalista, letrista)Paula Cortes (poeta), e a música vai estar a cargo de Alex Cortez e Filipe Valentim (Radio Macau), Luís Bastos (Kumpania Algazarra) e Tiago Inuit (Fausto).

O agrupamento vai interpretar 15 poemas da autoria de Cláudia R. Sampaio, Daniel Jonas, Filipa Leal, Paulo José Miranda e Valério Romão.

Em Óbidos o programa insere-se nas Cidades Criativas da Literatura UNESCO (estão programados eventos em 13 locais em simultâneo) e inclui a projecção de um poema de Armando da Silva Carvalho, poeta natural do Olho Marinho, Óbidos, na fachada da Porta da Vila, cujas comemorações prolongam-se até dia 28 de março data em que o autor completaria 80 anos.

O Dia Mundial da Poesia foi declarado pela UNESCO durante a sua trigésima conferência em Paris, em 1999, com o objetivo de promover a diversidade linguística através da expressão poética e criar oportunidades para línguas em perigo serem ouvidas.