Cascais recebe pela primeira vez o New York Portuguese Short Film Festival

festival_cinemanyCascais recebe este ano pela primeira vez o New York Portuguese Short Film Festival, atualmente na sua quinta edição, o festival decorre em simultâneo em Nova Iorque e Lisboa, hoje e amanhã (30 e 31 de maio).

Em Cascais, a Casa de Histórias Paula Rego vai ser o palco do festival que mostra o trabalho da nova geração de jovens realizadores portugueses, enquanto em Lisboa terá lugar no Teatro do Bairro e em Nova Iorque no Tribeca Cinemas.

Organizado pelo Arte Institute, as curtas foram “selecionadas e submetidas à apreciação de um júri composto por figuras do meio cinematográfico português, brasileiro e norte-americano, tais como: Lynda Hansen (Produtora), Rui Simões (Realizador), Francisco Manso (Realizador), Mário Patrocínio (Realizador) e Carlos Filipe Freitas (Blogger)”, informa a organização do festival.

No dia 30 de maio serão apresentadas as curtas God by the Neck (Deus pelo Pescoço) de José Trigueiros, Ptolmus de Josemaria RRA, Fontelonga de Luís Costa, To Dust (Pó) de Afonso Pimentel, Any Other Man (Outro Homem Qualquer) de Luís Soares, Schizophonia (Esquizophonia) de André Miranda e Diogo Leitão, Balance (Balança) de Rui Falcão, Soul (Alma) de André Braz e No Mistakes (Sem erros) de Vasco Mendes.

No dia 31, What Love Means to Me (O Que Eu Entendo por Amor) de Ricardo Martins, Gypsy (Cigano) de David Bonneville, Alda de Ana Cardoso, Filipe Fonseca, Liliana Sobreiro, Luís Catalo, Homecoming de Filipe Coutinho, The Postman (O Carteiro) de Cláudia Alves, As The Days Went By de Filipa Ruiz, The Third Attempt de Nuno Serrão e Chaos Et Equilibrium de Sam Andrês.

O festival é organizado anualmente, em três países – EUA, Brasil e Portugal.

Texto de Catarina Delduque

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.