Casamentos em Apuros em Plaza Suite Em Cena no Teatro Tivoli

Plaza Suite
Plaza Suite

Alexandra Lencastre e Diogo Infante desdobram-se em personagens de matrimónios atribulados, na peça que estreou esta semana no Teatro Tivoli. Plaza Suite traz-nos dois episódios diferentes que, em comum, têm o espaço: a suite 719 do Hotel Plaza.

Na primeira parte um casal de meia-idade revive, de forma desastrosa, a noite de núpcias. Na segunda, assistimos às tentativas insistentes de outro par em tirar a filha, noiva, da casa de banho onde se trancou, receosa de anunciar o tão esperado “sim”!

Relações que descambaram em “ralações”, num texto rico em piadas inteligentes, interpretado de forma exímia por dois dos nossos melhores atores em Portugal, fazem com que se recomende vivamente uma ida ao teatro nas próximas semanas. Oportunidade de ver Diogo Infante num registo cómico em perfeito equilíbrio com o talento enorme de Alexandra Lencastre, que há muito não se deixava ver em cima do palco. Ainda que as duas peças tenham um registo bastante diferente: a primeira mais forte emocionalmente, a segunda, de um exagero físico hilariante, os dois complementam-se de forma extraordinária.

Da plateia o riso dobra facilmente, à medida que as pessoas se reconhecem nas caricaturas representadas e são muitos os casais que se vão acotovelando ao longo das narrativas.

O desgaste dos afetos em relações longas, as recordações que se diluem com o tempo, a crise da meia-idade, o apelo à juventude eterna, os ressentimentos guardados que explodem à mínima provocação, os fantasmas da infidelidade, mas também a cumplicidade de quem vive a dois são temas tocados nesta peça.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Plaza Suite é uma peça da Força de Produção, baseada no texto de Neil Simon com tradução de Luísa Costa Gomes. A encenação é de Adriano Luz e para além dos protagonistas Alexandra Lencastre e Diogo Infante entram também Helena Costa e Ricardo de Sá. Pode ser vista no Teatro Tivoli BBVA, de quinta-feira a sábado às 21h30 e aos domingos às 17h00.

Os bilhetes custam entre 12 e 18 euros. A entrada é interdita a menores de 12 anos.

Reportagem de Tânia Fernandes (texto) com imagens cedidas pela produção.

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.