Cartaz Do EDPCoolJazz Já Conta Com Sete Confirmações

Depois de anunciadas as presenças de Tom Jones, Jamie Cullum e Diana Krall, o EDPCoolJazz  anunciou as confirmações de Snarky Puppy e Jacob Collier, Jessie J e The Roots para a edição de 2019.

Na noite de 9 de julho, o Parque Marechal Carmona recebe um dos grupos de referência da atualidade: The Roots. Atualmente residentes como banda e parceria de Jimmy Fallon, no programa Late Night, os The Roots marcam presença na edição de 2019 do festival, numas das raras aparições na Europa.

Em 2002, a música “The Seed” (colaboração com Cody Chesnutt) transportou a banda para uma dimensão de maior reconhecimento, nunca perdendo a áurea de banda de culto. Da colaboração com Elvis Costello no álbum Wise up Ghost, passando por ligações a John Legend e prémios ganhos em parceria com Erykah Badu, os The Roots apresentam-se na atualidade como um dos coletivos mais importantes e reconhecidos na música atual.

A inglesa Jessie J é outra das confirmações do cartaz deste ano. Estrela maior da pop mundial, a cantora e compositora apresenta-se no Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, a 10 de julho para uma noite de muita soul, funk e pop de nível mundial.

Jessie J foi conquistando um caminho muito próprio desde singles como “Domino” e “Price Tag” (2011) – o vídeo da música conta atualmente com mais de 600 milhões de views no youtube. Sucederam-se participações em bandas sonoras, quer para 50 Sombras de Grey com a versão de “I Got You (I Feel Good)” (James Brown), quer para a Escolha Perfeita 2 com o tema “Flashlight”, até chegar ao sucesso com Bang Bang lançado em parceria com Ariana Grande e Nicki Minaj.

A 16 de julho é a vez do Parque Marechal Carmona receber os concertos de Snarky Puppy, um grupo de jazz modernista vencedor dos Grammy® Melhor Performance R&B em 2014, JazzTimes Readers Poll para Melhor Banda em 2015 e Melhor Álbum Instrumental Contemporâneo em 2016 e 2017, bem como Jacob Collier, um jovem talento assumido pelo mundo do jazz e que atua pela primeira vez no palco do festival.

O jovem de 24 anos foi descoberto no Youtube, através de covers que foi publicando de músicas como “Isn’t She Lovely” ou “Pure Imagination”, de Stevie Wonder. Jacob Collier soma dois álbuns, In My Room (2016) e Djesse(2018), dois Grammy® na categoria de Melhor Arranjo, instrumental ou Acapela e Vocal.

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais e custam entre 30 e os 75 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.