Capitulo Reversível Apresenta Pretérito Imperfeito

Até dia 16 de fevereiro ainda é possível assistir a Pretérito Imperfeito, uma peça produzida pela Capitulo Reversível, com texto de Paulo Miguel Ferreira, encenação de Sérgio Moura Afonso e interpretação de Anna Eremin e Isabel Guerreiro.

A peça fala sobre a relação entre duas mulheres homossexuais, onde o preconceito, acaba por levar a um destino fatal. No meio de caixas, mágoa e tristeza, as vidas de duas mulheres são relembradas. De um lado uma mulher insatisfeita, do outro uma mulher consciente do amor e da vida que levou.

Uma história que mostra a verdadeira essência do amor, questionando o valor do ser humano e o preconceito da sociedade em que vivemos. O que é preciso para alcançar a liberdade? Será que valeu a pena?

A peça estará em cena no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço, em Algés, até ao dia 16 de fevereiro, às sextas e sábados, pelas 21h30, e está classificada para maiores de 16 anos.

Os bilhetes custam 10 euros e estão à venda no local.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.