Biblioteca Nacional Assinala Fundação do Rio de Janeiro com Exposição

exporj_bnp No Mar Estava Escrita uma Cidade…, é a exposição atualmente patente ao público na Sala de Referência, da Biblioteca Nacional, que se associa assim às comemorações dos 450 anos da fundação histórica da Cidade do Rio de Janeiro, assinalada na data simbólica de 1 de março de 1565.

A mostra, que vai buscar o  título a Carlos Drummond de Andrade (um dos maiores poetas brasileiros), encontra-se organizada em torno de seis núcleos temáticos: “Identidade Geográfica: Cartografia do Rio de Janeiro”; “São Sebastião do Rio de Janeiro: Origens e Fundação”; “Missionação e Organização Eclesiástica: Inscrição Urbana e Monumental”; “Ouro e Diamantes: a Nova Capital do Vice-Reino”; “A Corte nos Trópicos: a Capital do Império” e “Paisagens Cariocas entre a Montanha e o Mar”; através dos quais se apresenta uma síntese das épocas e acontecimentos mais representativos da memória do Rio de Janeiro, com base nas coleções da BNP e da Biblioteca Pública de Évora, que pretendem dar a conhecer um pouco da história e evolução da Cidade Maravilhosa ao longo de 450 anos.

Em exibição vai estar também uma réplica de caravela redonda (século XVI), pertencente ao acervo do Museu de Marinha,  aludindo ao «Descobrimento» da América Portuguesa, e o filme-documentário Show me Rio, cedido pela editora Café Pessoa, guia e registo do Rio contemporâneo pelos próprios cariocas.

No Mar Estava Escrita uma Cidade… pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 19h30, e sábado das 9h30 às 17h30, até 30 de junho, com entrada gratuita.

Texto de Elsa Furtado 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.