Atelier-Museu Júlio Pomar Apresenta FLORA

FLORA é o nome da mostra atualmente patente ao público no Atelier-Museu Júlio Pomar, em Lisboa, que reúne várias obras de arte contemporânea adquiridas pelo Atelier e pela CML entre 2018 e 2020.

A curadoria ]e de Sara Antónia Matos e Pedro Faro, que escolheram baptizar a exposi;\ao com o nome da obra de de André Romão / FLORA.

A mostra apresenta obras de Ana Santos, André Cepeda, André Romão, Bruno Cidra, Carla Filipe, Dalila Gonçalves, Dealmeida Esilva, Francisco Tropa, Henrique Pavão, Hugo Canoilas, Igor Jesus, Isabel Madeira Andrade, João Onofre, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Jorge Queiroz, Kiluanji Kia Henda, Mariana Silva, Miguel Branco, Miguel Palma, Noé Sendas, Ricardo Jacinto ou Sara Bichão, além de novos trabalhos do mestre Júlio Pomar.

E pretende dar a conhecer a diversidade e coexistência de temáticas e explorações epistemológicas da arte contemporânea portuguesa, convocando os visitantes para uma relação direta com as obras, abraçando os problemas e interrogações que elas convocam através de materializações tridimensionais, bidimensionais e sonoras.
Incluindo obras a duas e três dimensões e até sonoras, Flora, à semelhança da exposição realizada há três anos no Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, organiza-se, quando possível, por afinidades estéticas e também por relações que procuram ter em conta as qualidades do espaço do Atelier-Museu Júlio Pomar.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, entre as 11h00 e as 17h00. A entrada é gratuita.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.