Assírio & Alvim Apresenta Inéditos De Fernando Pessoa E Poesia de Ruy Belo

Chegam aos escaparates das livrarias no dia 28 de setembro, duas novas obras editadas pela Assírio & Alvim, que permitirão aprofundar o conhecimento da vida criativa de dois grandes vultos da poesia portuguesa: Fernando Pessoa e Ruy Belo.

A Porta e Outras ficções é um novo livro de ficções de Fernando Pessoa, com edição e tradução de Ana Maria Freitas, onde se reúnem nove ficções, quatro das quais inéditas e ainda as duas únicas tentativas de romance do autor, Reacção e Marcos Alves. O presente volume representa várias fases da vida criativa do autor, com incidência nos seus primeiros anos. O livro, de 228 páginas, vai estar à venda por 16,60 euros.

Transporte no Tempo, um livro de Ruy Belo que assinalou o começo de uma nova fase na sua poesia, durante o período em que viveu em Madrid. Aqui é feito um elogio à liberdade e é manifestada uma preocupação pela frágil condição do Homem e do mundo.

Esta reedição, com prefácio de Manaíra Aires Athayde, de 160 páginas, tem um preço de 14,40 euros.

Podemos dizer que Transporte no Tempo desenha a imagem de um poeta que empunha a palavra como uma maneira de procurar com a linguagem contornar o silêncio imposto. Constituindo esse espaço de auto-reflexão como busca da própria ideia de poesia, Ruy Belo não se cansa de afirmar que o poeta é aquele que “ensaia utensílios que, como o avião, transformam a visão do homem”. Assim, só o uso da palavra poética pode tornar compatíveis a autonomia da arte e a ligação ao seu próprio tempo. A singularidade de Transporte no Tempo está em assinalar o momento em que este princípio central da teoria de Ruy Belo, é, de maneira inequívoca, enunciado na sua poesia: o que acabamos por descobrir, com este livro, porventura mais do que em outros, é que “aqui levantam voo não / os aviões mas estas certas aves de arribação”.

Prefácio de Transporte no Tempo

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.