Artes À Rua Arranca Amanhã E Consolida Candidatura De Évora A Capital Europeia Da Cultura

O Artes à Rua – Festival de Artes públicas, a decorrer em Évora até 5 de setembro arranca amanhã e tem como um dos pontos principais da programação, a candidatura da cidade a Capital Europeia da Cultura.

A edição deste ano apresenta uma extensa programação, transversal e eclética, que vai da animação de rua ao cinema, passando pela dança, escultura, fotografia, literatura, música, teatro, ópera e outras disciplinas artísticas. Vários palcos, montados pela cidade e vários espaços públicos acolhem espetáculos, produções e encontros, de entrada livre.

O Artes à Rua – Festival de Artes públicas, promovido pela Câmara Municipal de Évora, conta, este ano, com mais de 300 participantes de 12 países e apresenta quase 100 espetáculos e intervenções artísticas, promovendo uma “narrativa de tolerância, de paz e de interculturalidade”.

Do programa apresentado, nota para nomes como  Sharon Shannon, cantora e compositora irlandesa; Madeleine Peyroux, cantora norte-americana; Moonlight Benjamin; Chico César, do Brasil; a dupla espanhola Martirio e Chano Dominguez e Manel Cruz; Ana Bacalhau e Sérgio Godinho.

As estreias no Artes à Rua ocupam um lugar de destaque na programação, onde se apresentam trabalhos como Alentejo Volume 1 Évora, de Omiri; Espetáculo da produção Mar – Planície a partir de textos de José Luís Peixoto; a Ópera Geraldo e Samira, com música de Amílcar Vasques Dias e mais de 40 propostas de novas criações de artistas locais.

Programação infantil e familiar são também uma das vertentes do Artes à Rua, que se apresenta agrupado por ciclos e/ou outros festivais e por extensões de festivais.

O acesso é livre.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.