Arpad Szenes e Vieira da Silva – Obras de Coleções Particulares Expostas em a Linha do Tempo

A Linha do Tempo
A Linha do Tempo

Obras de Arpad Szene e Vieira da Silva, muitas delas nunca antes expostas em Portugal podem agora ser admiradas na exposição A Linha do Tempo.

Organizada de forma cronológica, esta mostra traz aos olhos do público 56 obras de Vieira da Silva, 23 obras de Arpad Szenes e 13 obras de outros artistas. A maioria das peças é proveniente da Galeria Jaeger Bucher/ Jeanne-Bucher, de Paris, pioneira na divulgação do trabalho do casal, bem como de coleções particulares, com ligação à galeria, para além de empréstimos de outras entidades internacionais. Paul Klee, Jean Arp, Jean Dubuffet ou Zao Wou-ki fazem também parte desta exposição, com peças que de alguma forma ilustram a ligação ao casal de artistas, enquanto amigos ou  influências artística. A interseção com  Arpad Szene e Vieira da Silva encontra-se documentada logo no início da exposição.

Dos primeiros aos últimos trabalhos de Arpad Szene e Vieira da Silva, esta é uma linha para seguir, acompanhando a evolução estética dos artistas. Uma espécie de coreografia em que os intervenientes formaram um par na vida real mas também na configuração com que fizeram progredir os seus traços.

[satellite auto=on caption=off thumbs=on]

 

Esta exposição marca também as comemorações dos 25 anos da fundação e dos 20 anos do museu com o mesmo nome. A inauguração da exposição ficou marcada pela distinção da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva como membro da Ordem do Infante D. Henrique pelo Presidente da República. Cavaco Silva defendeu que, através da instituição, Portugal tem sabido honrar a memória da artista plástica.

A Linha do Tempo pode ser visitada até ao dia 20 de setembro, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00, na Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva (às Amoreiras). A entrada custa 5 euros e é gratuita para jovens até aos 14 anos. Há descontos para estudantes, reformados, professores, entre outros.

Reportagem de Tânia Fernandes (Texto e Fotos)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.