António Amorim Recria Iguaria Tradicional Na Fábrica Do Pastel De Feijão

Por Tânia Fernandes (Texto) e António Silva (Fotos)

Até pode conhecer bem os pasteis de feijão, doce típico da região de Torres Vedras, que não vai encontrar grandes semelhanças com a especialidade da Fábrica do Pastel de Feijão. O Chefe António Amorim fez uma recriação desta iguaria secular e o resultado tem sido muito elogiado, como nos contou.

Com os ingredientes habituais deste doce (amêndoa, ovo e feijão), António Amorim, conseguiu criar um produto que pode também ser uma sobremesa. Este pastel de feijão tem uma base e um topo crocante caramelizado e um creme consistente no meio. Faz lembrar os doces conventuais, mas com uma apresentação cuidada.

A ideia foi sendo consolidada ao longo dos últimos quatro anos. Começou por ser testado em jantares de amigos, passou depois a ser servido no Restaurante A, espaço em Torres Vedras que António Amorim explorou, e autonomizou-se mais recentemente, com um espaço próprio em Alfama. Os visitantes, encontram, assim, no nº 33 da Rua dos Remédios um balcão, onde funciona a Fábrica do Pastel do Feijão. O espaço é pequeno, mas permite observar não só a confecção deste doce como fazer uma rápida degustação.

Onde pode provar esta surpreendente iguaria? Só mesmo na Fábrica do Pastel de Feijão, em Alfama. E recomendamos que o faça mesmo lá, uma vez que vai ter uma melhor experiência se consumir o pastel de feijão logo após a sua preparação.

A pensar em celebrações especiais, ou mesmo na época de Natal, António Amorim criou um Pastel de Feijão XL, que é uma dose muito generosa desse doce, para ser partilhado, por várias pessoas (é equivalente a 12 pasteis de feijão). Aceitam encomendas e fazem entregas em Lisboa, Cascais e Loures.

Cada pastel de feijão tem um custo de 2,50 euros. O Pastel XL custa 25 euros, ou 30 euros com decoração de frutos vermelhos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.