Ana Carolina E Seu Jorge Animaram O Meo Arena Na Sexta À Noite

Por Rita Alves (Texto) e Diana Silva (Fotos)

“Tanta Saudade”, foi com esta música de Djavan, que Ana Carolina e Seu Jorge deram início ao seu primeiro concerto juntos em Lisboa, na passada sexta feira, 28 de outubro.

Os dois artistas apresentaram-se juntos, num ambiente intimista e com um jogo de luzes e fumo simples. A acompanhá-los apenas dois músicos, com um conjunto de teclas e percussões. A guitarra, a viola ou o violão foram se juntando ao longo da noite, consoante o tema, tocadas por Ana Carolina e Seu Jorge.

Seu Jorge saudou o Meo Arena com um “Boa noite, Coliseu!” e Ana Carolina com “Boa noite, Portugal”, com alegria por poderem partilhar este trabalho em conjunto com o público português e num país que amam. “Obrigado por tudo”, disse ainda Seu Jorge.

Ao longo de cerca de uma hora e meia os músicos souberam cativar o público, com a primeira interrupção de palmas a acontecer logo com “É isso aí”. Depois, foi a vez de Ana Carolina se emocionar, com “Não diga nada”.

O público já estava rendido às vozes da dupla brasileira, quando Ana Carolina cantou “Mal Acostumado”, com imitação de Seu Jorge, de chapéu, óculos e toalha branca. O Meo Arena já sambava e Ana Carolina voltou a emocionar-se.

Em “Pra rua me levar”, a artista fez questão de referir, que a música tinha sido feita para Maria Bethânia, e que por isso se sentia muito feliz por a poder cantar para o público português.

Juntos ou individualmente, o concerto foi seguindo o seu rumo, com destaque para vários solos de guitarra de Seu Jorge.

“Amiga da minha mulher” levou o público a levantar-se e tirar o pé do chão, sambando até mais não, na companhia dos artistas, que também dançavam em palco.

E o fim aproximava-se, com “Aprendi a me virar sozinho”, os cantores despediram-se. Mas o público quis e pediu mais, e os artistas regressaram com Seu Jorge a envergar, orgulhosamente, uma camisola de futebol do Sport Lisboa e Benfica (tinha ido ver o jogo do SLB à Luz antes do concerto), para um final em grande, de uma festa cheia de ritmo e animação.

Foi um concerto de vozes. Vozes muito fortes, pois Ana Carolina e Seu Jorge têm grandes “vozeirões”! Obrigado, Ana Carolina e Seu Jorge por um concerto memorável.

2 Comentários

  1. Ainda bem que conseguiu ouvir tudo o que eles diziam! Teve mais sorte do que nós, que não conseguimos ouvir as letras das canções! E, quanto a mim, para um concerto ser memorável, tem que estar tudo irrepreensível: ambiente, som e luzes. Não é só entusiasmo e emoção e paixão pelos cantores!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.