Alves Redol – Horizonte Revelado – Uma Exposição Para Ver Em Grândola

Alves Redol – Horizonte Revelado é a mostra atualmente patente ao público no no Cineteatro Grandolense. Organizada pela Associação Promotora do Museu do Neo-Realismo e Câmara Municipal de Grândola, a exposição estará patente até 4 de maio. 

António Alves Redol nasceu em 1911 e faleceu em 1969, foi escritor, cronista, contista, novelista, crítico de teatro, guionista para cinema, investigador e conferencista, é uma figura maior da cultura portuguesa pela dimensão, qualidade e versatilidade da sua obra.
Com a publicação em 1939 do romance de estreia Gaibéus, Redol constituiu a referência inicial do movimento literário neorrealista em Portugal, que reuniu uma geração de escritores em torno do advento de uma consciência social e intervenção cultural e política sobre as condições de vida dos camponeses e a necessidade de transformação da sociedade pela afirmação da dignidade do ser humano.
A exposição dá a conhecer uma visão alargada sobre aspetos centrais da sua vida pessoal e sobre o seu percurso literário, com destaque para um conjunto significativo de documentos essenciais para se entender os valores e as ideias que marcaram grande parte do século XX em Portugal.

A exposição integra o programa das Comemorações dos 45 anos da Revolução de Abril na Vila Morena que vai decorrer ao longo de todo o mês com um programa preparado pelo Município de Grândola em parceria com as Juntas de Freguesia e o movimento Associativo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.