A Ópera Que Inaugurou O Teatro São Luiz Está De Volta

No âmbito das comemorações dos 125 anos do Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, entre os dias 22 e 26 de maio, na Sala Luis Miguel Cintra, subirá ao palco a ópera A Filha do Tambor-Mor, de Jacques Offenbach, com a qual se inaugurou o então Theatro D. Amelia, a 22 de maio de 1894. Dois anos depois, o teatro torna-se no segundo espaço em Portugal (o primeiro foi o Real Coliseu) a apresentar o cinema ao público português.

Com A Filha do Tambor-Mor, o São Luiz volta a assumir a produção de um espetáculo, o que já não acontecida há muito tempo, com uma produção que envolve cerca de 150 pessoas. Nestes 125 anos, apresentamos cinco récitas de entrada livre, sempre com interpretação em Língua Gestual Portuguesa e Audiodescrição.

Com direção musical do maestro Cesário Costa, encenação de António Pires e cenografia da companhia A Tarumba, o espetáculo conta com alunos de diferentes escolas artísticas de norte a sul do Pais e está inserido na programação do FIMFA Lx19 – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas.

No palco, vão estar alunos das escolas de ensino superior de todo o país que se envolveram neste projeto: Universidade de Aveiro; Universidade de Évora; ESART – Escola Superior de Artes Aplicadas, de Castelo Branco; Orquestra Metropolitana de Lisboa; Escola Superior de Dança de Lisboa; e Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa.

Os participantes foram selecionados através de audições, para integrarem esta nova versão cantada no original francês e com texto em português. A António Pires e a Cesário Costa juntam-se Paulo Vassalo Lourenço, como maestro do coro, Dino Alves, nos figurinos, Aldara Bizarro no movimento, A Tarumba – Teatro de Marionetas, na cenografia.

Os bilhetes para os espetáculo, com interpretação em Língua Gestual Portuguesa e audiodescrição, vão estar disponíveis no próprio dia, a partir das 13h00, no limite de dois por pessoa.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.