A Margem Do Tempo No Centro De Artes De Águeda

O Espetáculo, A Margem do Tempo, de final de carreira, inserido nas comemorações dos 80 anos de carreira de Eunice Muñoz, apresenta-se no dia 10 de julho, pelas 21h00, no Centro de Artes de Águeda.

A atriz, de 92 anos, divide a cena com Lídia Muñoz, sua neta, «a quem desta forma passa o seu legado artístico».

A peça, com texto de Franz Xaver Kroetz, com encenação de Sérgio Moura Afonso, conta com música orquestral de Nuno Feist.

Ao longo de sessenta minutos, assistimos a este fechar de carreira num texto que se revela uma longa didasca?lia, sem diálogo e sem monólogo, onde Senhora Rasch, personagem partilhada pelas duas actrizes em cena, nos convida a assistir ao seu fim de tarde num dos seus dias repetidos igual a todos os anteriores.

O Teatro, aqui, como lugar de memória, po?e-nos de fronte à humanidade de uma senhora Rasch mais velha, Eunice Mun?oz, que relembra os seus dias levantados e repetidos, que se materializam numa mais nova senhora Rasch, Lídia Mun?oz, que caminha invariavelmente em linha recta na direc?a?o do seu eu mais soturno e mais nostálgico.

Os bilhetes, já à venda, tem um custo de 10 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.