A Celebração Da Vida E Do Bem Estar Este Domingo No Wanderlust 108

Reportagem de Tânia Fernandes

Wanderlust 108 Lisboa

O Wanderlust 108 regressou este domingo, nos Jardins de Belém, em Lisboa com um conjunto de atividades destinadas a promover o bem estar físico e mental. Um fluir de boas energias e de celebração da vida, partilhada ao ar livre, por adeptos de yoga e meditação. A gratidão foi a palavra de ordem.

“Estava tudo desejoso de voltar ao ar livre, aos eventos e a estar com as pessoas. Esta edição está a ser uma celebração, um momento mágico, pois as pessoas querem-se reencontrar, abraçar-se” confessa-nos Nuno Carvalho, diretor do Wanderlust Portugal, ao final da manhã.

O arranque fez-se com uma novidade: a habitual corrida/caminhada, de edições anteriores, deu lugar a uma de sessão Hiit, conduzida pelos instrutores José Maria e Sara Veloso. O Hiit (High Intensity Interval Training) é um treino intervalado de alta intensidade, que se tem imposto como grande tendência, na área do fitness. Veio também resolver as dificuldades que se poderiam colocar, de aglomeração de pessoas, no momento de partida de uma corrida. Com o entusiasmo dos monitores de serviço, a abertura do evento acabou por ser um sucesso.

Seguiu-se um momento único, naquilo que o programa definiu como um “Intention Setting”. Um momento de “Reunirmo-nos como um só, reconhecendo o nosso espaço na comunidade para nos libertarmos de todas as nossas inibições”. A fadista Cuca Roseta, presença habitual neste evento, que assume publicamente a importância do yoga na sua vida, tem vindo a trabalhar num projeto que acabou por ser revelado ao público neste Wanderlust 108 Lisboa. Em conjunto com Rute Caldeira e Isa Guitana, professoras de yoga, apresentou uma experiência inédita de fusão de meditação e fado, que comoveu os participantes. Em conjunto, interpretaram alguns conhecidos mantras, acompanhadas por Sandro Daniel Costa, na guitarra. Este projeto chegará em breve ao mercado, em registo discográfico.

Seguiu-se uma aula de ioga conduzida por Filipa Veiga, depois uma sessão com Manu Rodrigues. A terceira parte do triatlo mindful, foi orientada por Rute Caldeira e Inês Gaya. A meditação foi o momento de relaxar a mente e revitalizar o corpo, que culminou na emoção do abraço.

À tarde o público teve oportunidade de usufruir de um conjunto de workshops e atividades destinados a nutrir o corpo e a mente. De acordo com Nuno Carvalho, este evento é para ter continuidade, atendendo à crescente apetência das pessoas por novas formas de vida saudável.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.